terça-feira, 2 de abril de 2019

A Momo: um alerta real para muitos pais

Agora que os ânimos sobre este assunto parecem ter acalmado um pouco vamos falar do "Desafio Momo" ou "Momo Challenge".
Antes que pensem que andei feita maluca à procura desta mulher misteriosa, devo já dizer que não o fiz, primeiro porque não tenho tempo para andar à caça às bruxas e segundo porque sei que se o fizesse estaria apenas a dar atenção a alguma mente maldosa. Sim, porque ninguém no seu perfeito juízo decide fazer algo tão macabro como isto.
Basicamente a Momo tornou-se numa espécie de mito urbano dos dias que correm e baseia-se numa premissa que qualquer filme de terror gostaria de explorar. 
Tudo começa com um contacto, a Momo surge onde menos se espera (não é sempre assim, que estas coisas acontecem?), e desafiam crianças e adolescentes a realizar uma série de tarefas perigosas entre elas ataques violentos e suicídio.
Considerada como uma sequela do fenómeno "Baleia Azul", a Momo surgiu em 2018 através do whatsapp mas em 2019 regressou e desta vez, pelo youtube, com o intuito de assustar as crianças.
Sejamos sinceros, a Momo tem todas as características de um pânico moral clássico: um esquema sensacionalista espalhados pelas redes sociais e credibilizado por alguns meios jornalísticos.
Existem mesmo psicólogos que defendem que se as pessoas não tivessem falado tanto da Momo a situação nunca teria chegado ao ponto que chegou. 
Mas vá, nem tudo é mau, graças à Momo, hoje em dia existe um pânico generalizado relativamente a tudo aquilo que as crianças e adolescentes fazem nas redes sociais, e isso talvez seja um bom alerta para certos pais que "distraídos" com a realidade se esqueciam que existem muitos perigos (e alguns bem reais), para os seus filhos enquanto eles navegam na net.
Pessoalmente acredito que algumas crianças tenham visto a Momo, mas o que é que viram afinal? Aquilo que os amigos dizem na escola? Aquilo que ouvem os adultos dizer?
Várias pessoas fizeram o teste e nunca encontraram esta personagem, por isso pergunto-me como é possível?
Talvez seja hora de os adultos pararem de procurar a Momo e em vez disso se sentarem com os seus filhos e explicarem calmamente o que se está a passar e o que acontece realmente quando se navega na internet sem saber o que procurar.
Se a Momo ajudar as famílias a entender que as crianças só a conseguem ver porque passam muito tempo online, então ela não fez só coisas más. Afinal trouxe ao de cima uma realidade que muitos preferem, fingir não ver.

Acompanhem as novidades através do Facebook | Instagram | Twitter |

25 comentários:

  1. O Momo é um jogo, tipo Baleia Azul, suicida que circula na net e já há casos de morte pelo mundo inteiro. Um perigo para a juventude!

    Boa semana

    ResponderEliminar
  2. Tinha ouvido falar disso. Seja como for, os pais sempre devem está presente na vida dos filhos, ainda mais quando se trata do que os mesmos acessam em rede social, né?

    O Planeta Alternativo

    ResponderEliminar
  3. É crucial estar alerta! Porque há imensos perigos desnecessários

    ResponderEliminar
  4. Vi a reportagem há tempos na TVI, foi assustador...

    Hoje:- Quando há vida, na vida da gente. Felicidades meu bem.

    Bjos
    Votos de uma óptima noite.

    ResponderEliminar
  5. Lembro-me da Baleia Azul, mas nunca ouvi falar na Momo.
    Não é só na Internet que os perigos existem, mas alertar nunca é demais.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  6. Que horror... ainda por cima nos videos dos miudos (youtube kids) como é possível!


    Beijinhos,
    O meu reino da noite
    facebook | instagram | bloglovin

    ResponderEliminar
  7. Pensava que a MOMO já tinha desaparecido…
    Na nossa infância só éramos alertados para não aceitarmos rebuçados de estranhos, hoje em dia é um perigo a cada esquina

    ResponderEliminar
  8. é preciso estar com muita atenção...





    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  9. tenho muito a dizer sobre este tipo de atitude com estas coisas... fico imensamente frustrada...
    primeiro porque é que 'crianças' têm acesso ao whatsapp?
    2º porque é que as crianças se deixam levar por isso? Porque são crianças. Se são crianças não deviam ter acesso ás duas coisas. Vai dar tudo ao mesmo - aos pais. E nos dias de hoje é impossível controlar tudo o que as crianças fazem mas mais uma vez, porque é que 'crianças' têm acesso ao tlm? Vai outra vez dar aos pais que lhos compram. Compram-lhes os tlms, internet, ipads e tudo e mais alguma coisa hoje em dia, nem os preparam mentalmente para esse mundo... o pessoal dos anos 90's descobriu por si próprio e não houve nada disto... a momo é provavelmente um adulto perverso doente que quer ver as suas acções provocar feedback nos outros, uma sensação de ter poder sobre os outros... tanta coisa que as crianças fazem mal hoje em dia, jovens que crescem sem a companhia dos pais, cada vez mais porque este país não está de todo, bem direccionado para as acompanhar. vão para a escola não têm acompanhamento, chegam a casa os pais dão-lhes tudo nem corrigem comportamentos negativos assim como em plena rua, podem estar a vandalizar qualquer coisa ou a ter um comportamento menos correcto e os pais nem ralham, nem levantam a voz como se o que eles fizessem fosse normal... os pais não têm tempo para estar com os filhos, trabalham e os putos passam o tempo todo na escola ou com cadeiras que não interessam ao menino jesus... ouvi dizer que no 2ª ano há crianças com chinês... mal sabem português, para quê ensinar já outra língua?? edfísica que é tão importante foram cortado a nota e as aulas depois admiram-se que o português tenha cada vez mais doenças por ser sedentário ao tlm e ao pc... tudo tão contraditório e nada fazem para corrigir tudo isto...

    ResponderEliminar
  10. Lembro-me de ter visto essa notícia no telejornal mas não liguei muito. Acho que tens a tua razão, é como se costuma dizer, por vezes há males que vêm por bem.

    ResponderEliminar

loading...