quarta-feira, 30 de maio de 2018

"Se infringirem a lei vão para a prisão, se infringirem as regras da prisão, vão para Alcatraz"

No outro dia estava a ver um documentário sobre a prisão de Alcatraz e uma frase de um dos comentadores ficou-me na cabeça:
"Se infringirem a lei vão para a prisão, se infringirem as regras da prisão, vão para Alcatraz".
Esta frase fez-me analisar todo o conceito de prisão, e de como o mundo moderno e as mentalidades das pessoas não se adaptam à realidade.
fonte
Quer dizer, falamos de pessoas que na sua maioria cometeu crimes graves, e mesmo assim vivem entre quatro paredes com mais conforto que muitas pessoas que saem todos os dias para trabalhar e alimentar a família.
Qual é a lógica de prender um indivíduo se na sua cela ele vai ter uma TV, uma playstation, livros entre outras coisas que lhe permitem passar o tempo da pena de forma confortável? Onde está o castigo nisto?
Não me venham com aquela coisa dos direitos humanos! Se uma pessoa está presa é porque fez alguma coisa, e geralmente falamos de atentados aos direitos e deveres humanos contra outras pessoas, muitas vezes inocentes.
A lei não está bem feita, não sou advogada, não sou mais do que ninguém, mas parei e fiz aquilo que muitas pessoas se recusam a fazer: PENSEI!
Não é castigo ir para a prisão em Portugal! Castigo era ir para Alcatraz, ou prisões do género, prisões dignas do nome, prisões cujo nome faz ter medo e onde o maior desejo dos prisioneiros é fugir por já não aguentar mais! Isso é castigo! Em Portugal, temos um pequeno recreio com animações e alguns palhaços! E vamos continuar a ter até percebermos que se queremos realmente dar uma lição a uma pessoa, temos que o fazer sem paninhos quentes!

22 comentários:

  1. O melhor é andar direitinho/a, para não ir parar a nenhum desses sítios!! Lool

    Beijo e um excelente dia!

    ResponderEliminar
  2. Os pobres vão para a prisão,
    os ricos compram a liberdade
    sempre vos digo a verdade
    porque eu mentir não sei não!

    Um abraço. Boa tarde te desejo!

    ResponderEliminar
  3. Infelizmente, ainda há muita coisa que falha :/

    ResponderEliminar
  4. Estar privado de liberdade é um grande castigo.
    Pena é que muitos que mereciam estar atrás das grades, conseguem comprar essa liberdade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens mesmo toda a razão, é lamentável que assim seja!

      Eliminar
  5. Tens toda a razão, há dias também soube que os presos nas prisões portuguesas têm esses privilégios todos e por isso sou contra, claro. E pior ainda os sustentamos.
    Bjxxxxx

    r: o meu cavalo até que estava giro :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, o pior é mesmo isso, andamos nós a pagar luxos para quem não merece!

      Eliminar
  6. Realmente, onde está o verdadeiro castigo? :| Enfim.
    Beijinhos, www.thefancycats.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Castigo é de quem sofre nas mãos dessas pessoas!

      Eliminar
  7. É bem verdade. Os presos deviam trabalhar: limpar florestas, etc...
    bjs

    ResponderEliminar
  8. Tens toda a razão, e o pior é que somos nós que trabalhamos e descontamos todos os dias, que pagamos por isso.

    ResponderEliminar
  9. concordo. nem eu tenho dinheiro para uma PS e essa gente até tlms tem lá dentro e acesso ao facebook (pelo menos em PT isso acontece). Se fizeram algo errado deviam de ser obrigados a um castigo de forma a que se arrependessem. Mas acredito que podiam usá-los para coisas mais importantes, construir estradas, fazer passeios, comida para os que menos têm, passar a roupa lavar escadas, há tanta coisa que eles podiam fazer. lavar e limpar as casas de banho de grande superficies. opá há tanta coisa. Mas estão deitados num sítio com acesso a muita coisa que não deviam, pois os guardas são corruptos e de nº inferior ao necessário. Em Portugal é uma piada.

    ResponderEliminar
  10. Realmente deviam ter os presos uma função mais produtiva... e que também facilitasse a sua reintegração na sociedade... mas... é o país que temos!... Em que tantos culpados de tanta coisa... também andam cá fora...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  11. Este documentário deve ser bem interessante!

    ResponderEliminar

loading...