Avançar para o conteúdo principal

7 coisas que devem meter na cabeça dos "finalistas"

Muito se tem falado sobre os 1000 alunos que foram expulsos do hotel em que estavam durante a sua viagem de finalistas. E enquanto uns culpam os jovens, os pais ou ate mesmo o hotel a verdade é que existem coisas que nunca vão mudar no que toca a este assunto:
fonte
Meu meninos, vocês não são finalistas.
Estudar até ao 12 não é opção, por isso serem "finalistas" não é mais do que a vossa obrigação. Só és finalista quando terminas os estudos todos e não aquilo que te é imposto!
Ah! E se estás no 10º ou 11º és um verdadeiro idiota se vais à viagem de finalista, primeiro porque vais celebrar o quê, se nem sabes se chegas em tempo útil ao 12º e segundo, qual é a piada de ir celebrar com pessoas que estando no 12º ano estão a celebrar uma coisas completamente diferente de tua?!

Soltem os macacos.
Ainda hoje vejo, como vi quando foi "no tempo"! Chega esta época do ano, e os adolescentes parecem macacos à solta. A verdade é que ninguém vai para uma viagem de finalistas para celebrar o fim de uma fase (relembro que essa fase é o fim da escolaridade obrigatória), mas sim para começarem a celebrar uma série de fases novas: sair sem os pais, total liberdade, falta de controlo adulto, consumo de drogas, fazer coisas "fixes" (eu prefiro o termo duvidosas, mas a malta dos dias de hoje chama-me careta) e pontualmente atirarem-se da janela para a piscina ou então para arrancarem azulejos, mas pronto cada um tem o seu ritual, por isso vamos lá entender as crianças que em troca de um amendoim fazem as coisas mais estúpidas que lhes podem passar pela cabeça.

Meu menino que vais fazer na viagem de finalistas?
A resposta politicamente correcta e que vimos nos noticiários é "Vou-me divertir, e festejar, e claro ter muito juízo". Por favor avisem aqueles teenagers inconscientes que os pós brancos e as bebidas coloridas não é juízo em pacotes. Ah sim e ter juízo não implica só saber esconder as bebidas e as drogas, juízo implica... Ora essa, não tenho filhos para não ter trabalho, não vou estar aqui a educar os filhos dos outros!

Só bebi um copo!
Em cada 20 acredito que um só beba um copo, e acredito que outro só beba água ou sumo, mas e o resto? Se só bebem um copo como é que acontecem tantos acidentes, tantas bebedeiras, tanto sexo desprotegido e coisas piores? Alguém está a mentir, e não sou eu.

Tenho que ter juízo porque os meus pais não são ricos.
Ainda bem que tens cabecinha para chegares a esta conclusão, se fazes parte dos morcões que ficaram em Portugal, parabéns, sabes que o dinheiro que vais gastar nessa semana dá para pagar outras coisas, livros, propinas, e/ou podes guardar e um dia quando te souberes comportar sem adultos talvez possas ir de férias com uns amigos e te divertires como deve ser!

Encarregados de educação aprendam!
Senhores encarregados de educação, aprendam de uma vez por todas que os adolescentes sempre que podem vão fazer asneiras! Não venham com aquela coisa do "ah o meu Joãozinho não faz essas coisas!" se não for essa, eles vão vão fazer outras. Sou apologista que apenas 1 em cada 10 jovens fazem asneiras sozinhos e de forma voluntária, por isso se o vosso filho tem um amigo que ou é mais atinado do que ele ou que não vai à viagem de finalistas, acreditem que a hipótese do vosso pupilo fazer asneiras é grande.

Mesmo que fossem finalistas, e acreditando que estão a celebrar o fim destes 12 anos...
Lembrem-se que os vossos atos são o reflexo daquilo que vocês são. Fazer asneiras, desde piruetas para a piscina, comer azulejos ou vomitar nos sapatos de alguém só prova que nenhum de vocês merece terminar esta fase da vida e que pelo menos a nível pessoal ainda tem muito para aprender.

Tenho dito!

Comentários

  1. Muita liberdade, eu acho. Para não me alongar muito :(
    Bjxxx Teresa tás certa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E caso pra dizer que o Salgueiro Maia anda as voltas no tumulo... :(

      Eliminar
  2. Nem sei que te diga
    acho que eles tem muita liberdade e ninguém por preto
    Beijinhos
    CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  3. Bom post, concordo ctg a excepcao de que eu tambem tenho o 12o ano e considero que tenho muito mais estudos do que muito boa gente que anda por ai, ja para nao falar na experiencia profissional, coisa que me orgulho bastante de ter. A estes miudos falta tanta coisa... a comecar pela educacao em casa! Que geracao e esta que vamos ter no futuro? Tenho um sobrinho de 12 anos que felimnte e excepcao a regra muito graças aos bons valores que a mae lhe transmite todos os dias, sozinha!
    Bjinhosss e boa terça*
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
  4. A juventude hoje confunde liberdade com falta de respeito....diversão não é isso que eles fazem.


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  5. A juventude hoje confunde liberdade com falta de respeito....diversão não é isso que eles fazem.


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  6. Estas viagens são sempre repletas de execesso, é o que dá dar liberdade a pessoas que ainda não são responsáveis...

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  7. Que mal tem? Ir de viagem de finalistas é bom. É o fim de uma era, acho bom irem. O problema é os pais não saberem educar os filhos e não saberem ensina-pôs a divertirem-se sem serem atrasados mentais. Os pais não sabem falar com os filhos. Só sabem apontar quando fazem mal. Sempre vi isso nos meus pais. Nunca falaram comigo sobre nada. E isso é que é o verdadeiro problema aqui.

    TheNotSoGirlyGirl // Instagram // Facebook

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não digo que tem mal, acho bem que assinalem o fim de uma fase da vida, apenas acho que a maioria deles não tem maturidade para uma viagem desse calibre.

      Eliminar
  8. Má formação de muito jovem!!!
    E elas acontecem para nos obrigar a repensar em educação!!!bj

    ResponderEliminar
  9. As viagens de finalista deviam ser um momento de descontração, de diversão e não de excessos prejudiciais. Não fui à minha viagem de finalistas porque nenhum dos meus amigos foi e, muito honestamente, não me arrependo. Apesar disso, sei que se tivesse ido saberia comportar-me.
    Na minha opinião, que vale o que vale, a culpa é de todos. É dos jovens que não têm qualquer responsabilidade, dos pais que controlam em demasiada e dos que dão liberdade a mais e das empresas que organizam tudo isto e acabam por colocar tudo à disposição. Agora, não podemos pôr todos no mesmo patamar, generalizar, porque, infelizmente, vão acabar por pagar todos da mesma forma quando existem miúdos atinados, que foram só mesmo para passar um bom momento.
    Acho muito bem que aproveitem as viagens de finalistas, não precisam é de se transformar em selvagens.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Daí eu ser apologista que era preferível eles celebrarem o fim dessa era com alguma coisa mais própria para a idade!

      Eliminar
  10. Creio que o problema que ultrapassamos esta' nas mentalidades.. nao apenas dos jovens, dos pais ou do hotel, mas de todos!
    Protegemos demasiado os jovens, os jovens educam-se de menos, a sociedade nada quer ter a ver com os filhos dos outros.. enfim, tantos e tantos problemas por resolver e que se iniciam com o educar!
    Adorei o post!
    Beijinho

    https://thathappymess.com/

    ResponderEliminar
  11. A falta de civismo conta muito. A liberdade e libertinagem a mais tb
    Kis :=}

    ResponderEliminar
  12. Boa tarde, os pais dos meninos também devem assumir a culpa do que se passou, assim como, na escola e no seu dia a dia, os condenáveis acontecimento são reveladores do potencial futuro, bar aberto para consumo de álcool a jovens entre os 15 e os dezoito anos, é normal? só para os pais.
    Votos de Páscoa repleta de alegria! Feliz Páscoa!
    AG

    ResponderEliminar
  13. Assino por baixo!
    Tens toda a razão!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  14. Eu própria nem fui à viagem de finalistas, não tinha dinheiro para isso. Mas quem vai só precisa de ter um bocadinho de juizo :P
    Beijinhos, The Fancy Cats

    ResponderEliminar
  15. Vi muita loucura na minha viagem de finalistas, mas muito menos do que o que ouço falar actualmente! :) E sim depois desta viagem de finalistas estudei mais 9 anos até terminar o doutoramento! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. acho que o termi "finalistas" é mal empregue pois para muitos é apenas o fim de uma fase!

      Eliminar
  16. ;)

    Não estava sabendo desse caso...

    Ótima terça!

    Beijo! ^^

    ResponderEliminar
  17. Uma excelente postagem.
    Essas viagens deveriam ser momento de alegria, de descontração para esses finalistas. Mais essa geração que acha que sabe tudo, confunde liberdade com falta de respeito.
    Boa semana e uma Feliz Páscoa! Que tenhamos dias de muita paz, reflexão e alegrias. Um beijo.

    ResponderEliminar
  18. Totalmente de acordo com este post!!

    Beijinhos
    Rose
    _________________________
    All The way is an adventure
    Jess & Rose Blog | Instagram | Youtube

    ResponderEliminar
  19. Eu conheço pessoal que nem "finalista" é, chumbou no 12º e foi na mesma...
    Beijinhos e uma Páscoa feliz :)

    ResponderEliminar
  20. O problema da malta de hoje em dia é não saber ter limites. Acham que só porque estão longe dos pais, podem fazer tudo porque eles nunca vão saber. Coitados! Hoje em dia, toda a gente tem telemovel e até colocam as fotos no facebook das tristes figuras que fizeram.
    Se há finalistas bem comportados? Acredito que sim mas são uma raridade. É porque há sempre a tendência de não se sentirem excluídos e acabam por alinhas nos excessos como os outros.
    Quanto ao dono do hotel, provavelmente exagerou nas queixas quanto aos estragos mas é a tal coisa, aproveitou a situação para lucrar mais ainda.
    Boa Páscoa!
    Beijos

    ResponderEliminar
  21. Enfim... liberdade a mais... e dinheiro a mais... é no que dá...
    Gostei imenso do teu post!
    Bjs
    Ana

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

TAG| 100 perguntas que ninguém pergunta

Sabendo como eu gosto de responder a TAGs a Matilde do blog "O Cantinho da Tily", nomeou-me para este desafio bem simples e divertido. As regras são simples, responder às 100 perguntas, e nomear quem quisermos. Vamos a isso? 1. Você dorme com as portas do seu armário aberta ou fechada? Prefiro fechada por uma questão de organização, mas não me faz diferença. 2. Você leva embora os shampoos e condicionadores dos hotéis? Sim!!! 3. Você dorme com seu edredão dobrado para dentro ou apra fora? Tanto faz! 4. Você já roubou uma placa de rua? não, mas confesso que gostava de ter uma! 5. Você gosta de usar post-it? Adoro! 6. Você corta cupões, mas depois nunca usa? Sim! 7. Você prefere ser atacado por um urso ou um enxame de abelhas? Venha o diabo e escolha! 8. Você tem sardas? Nop. 9. Você sempre sorri para fotos? Quase sempre! 10. Qual é a sua maior neura? Ui se as coisas não levarem o rumo que eu quero fico do pior! 11. Você já contou seus passos enquanto você andava? Sim. 12. Você já fez x…

As férias acabaram... Como é que ficaram os animais abandonados?

Existe uma dura realidade que após as férias de verão fica esquecida. Se no inicio do verão as campanhas de sensibilização são muitas (e mesmo assim não são suficientes), a verdade é que depois dos dias dourados de verão, já ninguém pergunta o que aconteceu ao cão idoso que abandonaram às portas de uma instituição, ou então como está aquele cachorrinho que deixaram na beira da estrada.
A minha pergunta para vocês é: Afinal o abandono está a diminuir?
E infelizmente a resposta é não! No final do verão contactei várias instituições que recolhem animais e as respostas são sempre iguais: Não! Não diminuiu.
Para vos ilustrar esta realidade, pedi a várias instituições dados sobre o abandono de animais durante os meses de verão, porém só a Associação Midas no Porto é que se ofereceu para disponibilizar dados concretos:

2015 - 53 animais acolhidos pela instituição.
2016 - 107 animais acolhidos pela instituição. 
2017 - 71 animais acolhidos pela instituição.

Porém antes de começarem a bater palma…

A menina bonita

Decerto que lhe conhecem a imagem, a menina de nove anos, chama-se Kristina Pimenova, e é já considerada uma das raparigas mais belas dos últimos tempos.
A criança, é modelo para marcas como Armani, Vougue e Dolce & Gabanna, e desde os 3 anos que assina contratos milionários. Kristina Pimenova, nasceu em Moscovo, e está inscrita em agências de modelos desde tenra idade. Quem patrocinou tudo isto?! A sua mãe, Glikeriya Pimenova, também uma ex-modelo, tem levado a filha à ascensão, porém, tem também sido criticada por isso. Além de muita gente a criticar por não permitir que Kristina tenha a vida de uma criança normal, a mãe da mesma é ainda mais criticada por ter permitido que recentemente a filha pousasse maquilhada e vestida de forma pouco própria para a sua idade. Glikeriya Pimenova, gere os contratos milionários da filha, bem como as redes sociais da mesma que já tem mais de 300 mil seguidores. Porém não é o numero de seguidores que vai determinar a infância que muitos dizem p…