Avançar para o conteúdo principal

A solidão é uma doença

O psicólogo Jonh Caciopo especialista em neurociência social veio público afirmar que a solidão não é um sintoma mas sim uma doença que pode ser, tal como muitas outras doenças hereditária.
Hereditariedade desta doença é de 50%, mas não está restritamente associada aos genes, mas sim ao facto da dor sentida quando nos sentimos socialmente isolados.
Não importa o numero de amigos no facebook, no trabalho, na escola ou nos nos círculos, a pessoa sente-se sempre sozinha e isso é a prova de que a solidão está ligada a fatores situacionais.
fonte
Na realidade o que acontece é que o cérebro das pessoas "solitárias" reaje de maneira diferente aos estímulos filtrando por defeito os estímulos positivos. Por exemplo, enquanto que numa pessoa normal (por normal entenda-se não solitária), a hipótese de estar com os amigos é um estimulo positivo porém as pessoas solitárias  vê essa possibilidade com indiferença.
O medo de receber más notícias ou sofrer deceções é uma das principais causas de isolamento por parte das pessoas que sofrem de solidão.
Contudo é importante recordar que estar sozinho não é a mesma que sofrer de solidão e que a primeira premissa pode ser bastante desafiante e positiva.
De qualquer maneira o estudo afirma que a solidão é contagiosa, e mata tanto quanto o tabaco. Além disso é tanto ou mais prejudicial para a saúde como a obesidade e aumenta consideravelmente o risco de suicídio.

Comentários

  1. Não sabia desse estudo. Nem nunca tinha pensado nisso.
    Obrigada pela partilha.
    Bjxxx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Setembro e o mes amarelo, do combate ao suicidio, tambem nao sabia
      http://www.setembroamarelo.org.br/
      Beijinhosss

      Eliminar
  2. Não sabia da existência deste estudo, mas gostei de o ler..
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. A solidão não é nenhuma doença,nós se estivermos sozinhas,podemos fazer tudo o que quisermos e bem nos apetece,sem ter que lidar com aqueles que nos acompanham diariamente,se eu vivesse sozinha,não me importaria nada com isso,pelo menos,por enquanto,tenho trinta anos,tenho uma vida inteira pela frente,penso eu!! Obrigada pela tua visita lá no meu blogue,sim,eu sei que tenho uma família bonita,essas duas mulheres foram as mulheres que me criaram,elas são maravilhosas!! Beijinhos,fica bem querida!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Compreendo perfeitamente o teu ponto de vista porém estamos a falar de solidão no âmbito psíquico e não físico!

      Eliminar
  4. Incrivel, nem de proposito ainda ha pouco tempo no grupo Bloggers United descobri que Setembro e o mes do combate ao suicidio http://www.setembroamarelo.org.br/
    Sabe bem termos o nossos momentos sozinhos mas tambem sabe bem conversar e conviver, faz parte do ser humano. Gostei muito do tema e do teu texto
    Bjinhosss
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. conviver é importante senão guardamos tudo para nós e isso não é saudável!

      Eliminar
  5. Nunca tinha pensado assim.
    Continuo a não concordar com o tema doença... mas é sempre bom ler outras opiniões.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  6. Nunca tinha pensado assim, excelente post, não tinha conhecimento disso :)

    www.daysstyle.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  7. É mesmo uma doença e uma grande razão para a taxa de suicídios nas pessoas que vivem isoladas. Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  8. Não sabia mais acho só fica doente quando já estamos com
    pensamentos triste, que leva para uma depressão obrigado pela visita.
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar
  9. Gostei bastante da informação e faz todo o sentido. Eu tenho muito medo da solidão!

    ResponderEliminar
  10. “A solidão é a sorte de todos os espíritos excelentes”.
    -Arthur Schopenhauer-
    1) Você pode fazer o que quiser, quando quiser;
    2) Você pode se amar a si mesmo em vez de não amar ninguém...
    “Por que, em geral, fugimos da solidão? Porque são muito poucos os que encontram a companhia consigo mesmos.”
    -Carlo Dossi-

    ResponderEliminar
  11. É bem complicado, as vezes é por opção, mas as vezes não.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  12. Post bem informativo! Solidão é algo tão triste, e o pior é que muitas vezes as pessoas em volta não conseguem perceber :(
    Um beijão,
    Gabi do likegabs.blogspot.com ♡

    ResponderEliminar
  13. Muito bom seu post! Muitas pessoas sofrem com a solidão e acabam ficando depressivas, o problema é que todo mundo lida com essas coisas como frescura, graça e etc.. é bem triste!

    www.kailagarcia.com

    ResponderEliminar
  14. Não conhecia esse estudo, confesso

    r: É bom saber isso, obrigada *.*

    ResponderEliminar
  15. Eu sou super solitária e fui diagnosticada com transtorno de personalidade. Tento ao máximo interagir, mas nem sempre é fácil :(
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deve ser realmente muito complicado! Espero que melhores!

      Eliminar
  16. Infelizmente é triste isso, várias pessoas estão assim na solidão, só Deus pra ajudar, Teresa bjs.

    http://www.lucimarestreladamanha.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  17. Boa tarde, a solidão por opção é uma necessidade, ao contrario da solidão forçada que deve de ser terrível ao ponto de causar problemas de saúde, sem conhecimento de causa, penso que a solidão pode ser ultrapassada de varias maneiras.
    Resto de boa semana,
    AG

    ResponderEliminar
  18. Adorei o texto!

    Gosto de estar só comigo...costumo dizer que não estou só...estamos as duas eu e eu.
    Sempre fui assim desde miúda. Somos 5 irmãos e mais parecia filha única!
    Tenho pena das pessoas que vivem isoladas, não sendo opção delas.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  19. Um post super interessante e que dá que pensar!...
    Mas realmente tudo o que dizes é verdade! Já tenho lido outros artigos sobre o assunto..
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  20. Ótimo post, as vezes temos pessoas assim ao nosso redor e não sabemos reconhecer os sintomas, talvez pela correria do dia a dia, acabamos não nos envolvendo mais profundamente com os que estão ao nosso redor, achei ótima essa campanha do Setembro Amarelo, pois, nós paramos um pouco para pensar e ver ao nosso redor, seguindo o blog...Bjs

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

TAG| 100 perguntas que ninguém pergunta

Sabendo como eu gosto de responder a TAGs a Matilde do blog "O Cantinho da Tily", nomeou-me para este desafio bem simples e divertido. As regras são simples, responder às 100 perguntas, e nomear quem quisermos. Vamos a isso? 1. Você dorme com as portas do seu armário aberta ou fechada? Prefiro fechada por uma questão de organização, mas não me faz diferença. 2. Você leva embora os shampoos e condicionadores dos hotéis? Sim!!! 3. Você dorme com seu edredão dobrado para dentro ou apra fora? Tanto faz! 4. Você já roubou uma placa de rua? não, mas confesso que gostava de ter uma! 5. Você gosta de usar post-it? Adoro! 6. Você corta cupões, mas depois nunca usa? Sim! 7. Você prefere ser atacado por um urso ou um enxame de abelhas? Venha o diabo e escolha! 8. Você tem sardas? Nop. 9. Você sempre sorri para fotos? Quase sempre! 10. Qual é a sua maior neura? Ui se as coisas não levarem o rumo que eu quero fico do pior! 11. Você já contou seus passos enquanto você andava? Sim. 12. Você já fez x…

As férias acabaram... Como é que ficaram os animais abandonados?

Existe uma dura realidade que após as férias de verão fica esquecida. Se no inicio do verão as campanhas de sensibilização são muitas (e mesmo assim não são suficientes), a verdade é que depois dos dias dourados de verão, já ninguém pergunta o que aconteceu ao cão idoso que abandonaram às portas de uma instituição, ou então como está aquele cachorrinho que deixaram na beira da estrada.
A minha pergunta para vocês é: Afinal o abandono está a diminuir?
E infelizmente a resposta é não! No final do verão contactei várias instituições que recolhem animais e as respostas são sempre iguais: Não! Não diminuiu.
Para vos ilustrar esta realidade, pedi a várias instituições dados sobre o abandono de animais durante os meses de verão, porém só a Associação Midas no Porto é que se ofereceu para disponibilizar dados concretos:

2015 - 53 animais acolhidos pela instituição.
2016 - 107 animais acolhidos pela instituição. 
2017 - 71 animais acolhidos pela instituição.

Porém antes de começarem a bater palma…

A menina bonita

Decerto que lhe conhecem a imagem, a menina de nove anos, chama-se Kristina Pimenova, e é já considerada uma das raparigas mais belas dos últimos tempos.
A criança, é modelo para marcas como Armani, Vougue e Dolce & Gabanna, e desde os 3 anos que assina contratos milionários. Kristina Pimenova, nasceu em Moscovo, e está inscrita em agências de modelos desde tenra idade. Quem patrocinou tudo isto?! A sua mãe, Glikeriya Pimenova, também uma ex-modelo, tem levado a filha à ascensão, porém, tem também sido criticada por isso. Além de muita gente a criticar por não permitir que Kristina tenha a vida de uma criança normal, a mãe da mesma é ainda mais criticada por ter permitido que recentemente a filha pousasse maquilhada e vestida de forma pouco própria para a sua idade. Glikeriya Pimenova, gere os contratos milionários da filha, bem como as redes sociais da mesma que já tem mais de 300 mil seguidores. Porém não é o numero de seguidores que vai determinar a infância que muitos dizem p…