Avançar para o conteúdo principal

A idade não é um posto

Antes de mais devo salientar que com este post não quero faltar ao respeito a ninguém. Contudo o respeito deve ser medido de igual modo entre todos, não excluindo raças, idade etnias e afins.
Dito isto tenho a dizer que a idade não é um posto. Concordo que moralmente devemos respeito aos mais velhos, mas o respeito deve ser mutuo, coisa que eu não vejo de muitos idosos que por aí andam.
Sou a primeira a ceder lugar num transporte publico, a ajudar e afins, mas nunca quando me sinto obrigada a tal. O que acontece muitas vezes é que alguns idosos se julgam no direito de fazer aquilo que querem e entendem só porque são velhos, porém esquecem-se de um grande fator: são os jovens trabalhadores, que permitem que as reformas continuem a ser pagas (para já), e se a educação não é motivo suficiente para nos respeitarem pensem que hoje somos nós que vos sustentamos.
Não quero com estas palavras ser bruta, mas quando vejo um idoso a correr para a paragem da camioneta e depois que lá está dentro a mancar para conseguir lugar, penso que de facto é aproveitarem-se da idade para atingirem os seus fins. Depois olham para mim como seu tivesse obrigação de me levantar depois de um longo dia de trabalho. Para mim isto é abuso. Eu tenho noção das coisas, mas já pensaram que eu posso estar mais cansada que eles, que posso eventualmente até estar mais doente que eles?
Ainda no outro dia no supermercado uma idosa perguntou se podia passar à minha frente porque só tinha duas coisas. Quer dizer veio toda "fina e lambareira" e depois na caixa queria passar à frente de toda a gente. Recusei até porque eu só tinha três artigos para registar. Dito isto ficou muito revoltada a dizer que tinha o carro mal estacionado e que mais valia não levar nada. Encolhi os ombros e ignorei por respeito, pois acreditem que a resposta que ela merecia era um lembrete para o facto de o supermercado ter estacionamento gratuito e sublinhar que se ela ponderava não levar as coisas porque não podia esperar que eu registasse os meus três artigos era porque não estava verdadeiramente a necessitar deles.

Comentários

  1. Não é mesmo... Não é por ser velho que deve achar-se o rei do mundo.
    http://modadarapunzel.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Pois não... É por isso que é importante que se saiba escolher o modelo de forma conveniente e tendo em conta o tipo de rosto!

    Eu acho que alguns idosos usam a idade para tudo quanto lhes convem acabando por se vitimizar. É triste.


    NEW POST: ENJOY ESPINHO
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  3. Acho que o que falta nesta sociedade de consume imediato é mesmo a falta de respeito não só pelos mais velhos por por todos independentemente da idade raça ou religião.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderEliminar
  4. O respeito é mutuo e quem quer ser respeitado tem de respeitar os outos. Os mais velhos deveriam ser o nosso exemplo mas infelizmente nem sempre é assim.
    Beijinhos
    Clara Dinis
    docinhomorango7.blogspot.com

    ResponderEliminar
  5. Tem que haver respeito entre as pessoas, sejam elas de que idade forem

    r: Sim, foi :/
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  6. Há idosos e idosos. Nem todos são honestos como pensamos que sejam...

    Love, Marie Roget

    ResponderEliminar
  7. Todos merecem respeito, tem alguns que aproveita a idade que tem pra levar o bom, mais mesmo assim deve haver respeito, Teresa obrigada pela sua visita volte sempre beijos.
    http://www.lucimarestreladamanha.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  8. Alguns, sõ são idosos para o que lhes interessa.

    ResponderEliminar
  9. Têm de haver respeito independentemente da idade.
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. Acredito no respeito mutuo, também não dá para ser apenas de um lado.

    beijos.

    ResponderEliminar
  11. Concordo completamente!
    r: São mesmo! Obrigada :)

    ResponderEliminar
  12. Super de acordo!

    Eliana,
    http://around-eliana.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  13. A falta de civismo... e escrúpulos atinge toda a gente...
    Novos e velhos... Mas haverá alguns velhotes que realmente gostam de tirar partido em certas situações...
    A minha mãe por exemplo, fica contente quando não lhe dão lugar, nos transportes... diz que é sinal que não a acham muito velhota... eu olho para ela... abano a cabeça e digo... eu acho que tu foste adoptada!... ;-D
    Beijos!
    Ana

    ResponderEliminar
  14. Como em todas as situações e idade, há pessoas que se aproveitem, e isso é falta de respeito e de educação, sem dúvida.

    ResponderEliminar
  15. Tantas vezes pensei isto, 'a idade não é um posto'. Concordo a 100%.
    Também respeito qualquer ser humano, independentemente da idade, mas revolta-me quem faz uso da idade para dizer o que lhe apetece, julgar como lhe apetece como se tivéssemos obrigação de ouvir porque são mais velhos.
    Há muitas pessoas que acabam por ser ignorantes, desrespeitosas e brutas apenas porque pensam que ninguém as vai contrariar ou chamar à atenção.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

TAG| 100 perguntas que ninguém pergunta

Sabendo como eu gosto de responder a TAGs a Matilde do blog "O Cantinho da Tily", nomeou-me para este desafio bem simples e divertido. As regras são simples, responder às 100 perguntas, e nomear quem quisermos. Vamos a isso? 1. Você dorme com as portas do seu armário aberta ou fechada? Prefiro fechada por uma questão de organização, mas não me faz diferença. 2. Você leva embora os shampoos e condicionadores dos hotéis? Sim!!! 3. Você dorme com seu edredão dobrado para dentro ou apra fora? Tanto faz! 4. Você já roubou uma placa de rua? não, mas confesso que gostava de ter uma! 5. Você gosta de usar post-it? Adoro! 6. Você corta cupões, mas depois nunca usa? Sim! 7. Você prefere ser atacado por um urso ou um enxame de abelhas? Venha o diabo e escolha! 8. Você tem sardas? Nop. 9. Você sempre sorri para fotos? Quase sempre! 10. Qual é a sua maior neura? Ui se as coisas não levarem o rumo que eu quero fico do pior! 11. Você já contou seus passos enquanto você andava? Sim. 12. Você já fez x…

As férias acabaram... Como é que ficaram os animais abandonados?

Existe uma dura realidade que após as férias de verão fica esquecida. Se no inicio do verão as campanhas de sensibilização são muitas (e mesmo assim não são suficientes), a verdade é que depois dos dias dourados de verão, já ninguém pergunta o que aconteceu ao cão idoso que abandonaram às portas de uma instituição, ou então como está aquele cachorrinho que deixaram na beira da estrada.
A minha pergunta para vocês é: Afinal o abandono está a diminuir?
E infelizmente a resposta é não! No final do verão contactei várias instituições que recolhem animais e as respostas são sempre iguais: Não! Não diminuiu.
Para vos ilustrar esta realidade, pedi a várias instituições dados sobre o abandono de animais durante os meses de verão, porém só a Associação Midas no Porto é que se ofereceu para disponibilizar dados concretos:

2015 - 53 animais acolhidos pela instituição.
2016 - 107 animais acolhidos pela instituição. 
2017 - 71 animais acolhidos pela instituição.

Porém antes de começarem a bater palma…

A menina bonita

Decerto que lhe conhecem a imagem, a menina de nove anos, chama-se Kristina Pimenova, e é já considerada uma das raparigas mais belas dos últimos tempos.
A criança, é modelo para marcas como Armani, Vougue e Dolce & Gabanna, e desde os 3 anos que assina contratos milionários. Kristina Pimenova, nasceu em Moscovo, e está inscrita em agências de modelos desde tenra idade. Quem patrocinou tudo isto?! A sua mãe, Glikeriya Pimenova, também uma ex-modelo, tem levado a filha à ascensão, porém, tem também sido criticada por isso. Além de muita gente a criticar por não permitir que Kristina tenha a vida de uma criança normal, a mãe da mesma é ainda mais criticada por ter permitido que recentemente a filha pousasse maquilhada e vestida de forma pouco própria para a sua idade. Glikeriya Pimenova, gere os contratos milionários da filha, bem como as redes sociais da mesma que já tem mais de 300 mil seguidores. Porém não é o numero de seguidores que vai determinar a infância que muitos dizem p…