Avançar para o conteúdo principal

A Becas e o xixi na fralda

Como vocês sabem em março fui buscar a Becas ao canil. Ela já tinha dois meses quando a fui buscar, e até recentemente considerava normal o facto de ela não ter um local certo para fazer as suas necessidades.
Como ela teve uns problemas com as vacinas, não a consegui habituar desde sempre a ir à rua, porém utilizei várias técnics para a habituar a fazer as necessidades num só sitio.
Ela continua a fazê-las aleatoriamente pela casa. Já utilizei jornais, fraldas para o chão absorventes próprias para os animais que estão em casa, já a coloquei de castigo, usei a técnica do vinagre (que foi o que funcionou com o Fredy), oferecer biscoitos quando ela faz nos sítios certos, coloquei as fraldas em vários sítios e mesmo assim nada.
Já falei com a veterinária e com ela usamos algumas técnicas como o reforço positivo e afins, mas continua a não funcionar... Não sei o que mais fazer, porque é complicado, não gosto de a deixar em casa quando vou sair ou a casa de alguém, mas é muito aborrecido estar sempre com medo de pisar alguma coisa na minha própria casa ou então leva-la comigo e correr o risco que ela faça isso na casa de alguém...

Alguém conhece algum truque ou alguma coisa que eu possa fazer? Sei que ela é inteligente, ela percebe que faz asneiras, porém o ato de fazer as necessidades continua a ser aleatório, o que me deixa preocupada e intrigada...

Comentários

  1. Não faço ideia. Tenho uma gata e, por razões óbvias, foi muito fácil. Todas as pessoas que conheço com cães, levam-nos à rua várias vezes ao dia. Eles habituam-se muito bem à rotina.

    Isa,
    http://isamirtilo.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Eu não tenho cães, mas meus pais têm uma cadela e já tiveram um cão. Pelo que vi da experiência deles, acho que é mesmo apenas umas questão de tempo e paciência.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu tive um cão que ficou com os meus pais, e ele aprendeu super bem e super rápido... Tenho medo de estar a fazer alguma coisa mal com a Becas...

      Eliminar
  3. Eu não tenho cães mas acho que é preciso muita paciência que depois torna-se uma questão de habito :)

    ResponderEliminar
  4. Infelizmente, não te posso ajudar :/

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  5. Também ando à rasca com 2 dos meus gatos, que passaram a fazer no hall, porqueiros! O que tenho feito é fechado algumas divisões, como a sala, onde há tapetes maiores e é bem mais complicado limpar.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Essas técnicas todas também não resultaram na minha...que é bem marota!
    Opto por de duas em duas horas levá-la à rua!
    Agora que está velhinha...tem 16 anos a meu lado tem uma infeção renal e ando com meu coração bem "apertadinho"! Bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh já tem mesmo uma idade avançada...
      As melhoras!

      Eliminar
  7. Não sei como ajudar, a minha sobrinha tem um cão e ninguém consegue pô-lo a fazer no sitio e hora certa.
    Beijinhos
    Clara Dinis
    docinhomorango7.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já não digo hora certa, mas sim sitio certo!

      Eliminar
  8. Teresa Silva.....
    Acho que o ideal seria, por agora, prendê-la e deixá-la num só local, com um jornal e deixá-la fazer seu xixi...
    Depois, ela se acostuma e só faz naquele local...
    Se deixá-la solta, ela fará em vários lugares....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso eu não posso fazer, ela veio do canil, se eu fechar ou prender ela fica mesmo aflita, uma vez prendia na cozinha, e ela "escavou" a porta com tanta violência que até fez feridas nas patinhas... Quero que ela aprenda mas não quero que ela se magoe, até porque acho que ela passou por algum trauma...

      Eliminar
  9. Não tenho ideia... mas vou procurar informar-me...
    Se souber, depois digo-te qualquer coisa.
    Beijos
    Ana

    ResponderEliminar
  10. Poxa, não conheço outros truques além dos que já usou.

    Beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, também já usei todas as técnicas que conhecia!

      Eliminar
  11. Eu tenho um cão que não faz nada em casa, só na rua... acho que foi educado à base de castigo e biscoitos, mas demorou algum tempo até que ele se habituasse a fazer tudo na rua. Boa sorte :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Fredy também é assim e aprendeu muito facilmente....

      Eliminar
  12. Eu tive uma cadelinha 16 anos, e nunca a consegui educar como deve ser em relação às necessidades.
    Embora fizesse quase sempre no mesmo sitio, de vez em quando fazia onde não devia. Mesmo já depois de adulta.
    Tens de ter muita paciência com ela. Pode ser que isso mude :)

    http://adorosercomosou.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu tenho paciência, só gostava de entender o que se passa, até porque se ela fizesse sempre no mesmo sitio eu não tinha que ter algumas divisões da casa o que quer dizer que ela mesmo quando eu não estou em casa podia ir para a sala e estar no sofá como tanto gosta...

      Eliminar
  13. r: É mesmo gratificante ler isso, obrigada *.*

    ResponderEliminar
  14. Não tenho como te ajudar amiga porque nunca tive cães em casa
    Mas creio que ela é ainda novinha e com certeza aprenderá mas é preciso ter paciência
    Um super beijo querida

    ResponderEliminar
  15. Quando eu tive um cachorro, minha mãe ficava brava com ele quando fazia necessidades no lugar errado. Com o tempo ele aprendeu. Tem que ter bastante paciência. Beijinhos!

    galerafashion.com

    ResponderEliminar
  16. Infelizmente não te posso ajudar, mas é uma situação chata :/

    ResponderEliminar
  17. Paciência, muita repetição e dá tempo ao tempo.
    Aconselho-te a observares bem todos os comportamentos relacionados. Pode ter a ver com algum pequeno trauma, mas se assim for, paciência e carinho ajudam.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  18. Eu tenho 3 cães mas que não vivem dentro de casa, não acho que seja compatível, por isso não te sei ajudar.

    ResponderEliminar
  19. Olá!
    A minha irmã tem o mesmo problema! O cão já deve ter uns 4 meses e faz as necessidades por todo o lado =( Ela põe jornais e até aqueles resguardos, vai à rua com ele, e mesmo assim o safado faz em casa e nem é no mesmo sítio, é mesmo por onde calha =(
    Espero que seja mesmo uma questão de tempo para se habituarem.
    Bjs

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

TAG| 100 perguntas que ninguém pergunta

Sabendo como eu gosto de responder a TAGs a Matilde do blog "O Cantinho da Tily", nomeou-me para este desafio bem simples e divertido. As regras são simples, responder às 100 perguntas, e nomear quem quisermos. Vamos a isso? 1. Você dorme com as portas do seu armário aberta ou fechada? Prefiro fechada por uma questão de organização, mas não me faz diferença. 2. Você leva embora os shampoos e condicionadores dos hotéis? Sim!!! 3. Você dorme com seu edredão dobrado para dentro ou apra fora? Tanto faz! 4. Você já roubou uma placa de rua? não, mas confesso que gostava de ter uma! 5. Você gosta de usar post-it? Adoro! 6. Você corta cupões, mas depois nunca usa? Sim! 7. Você prefere ser atacado por um urso ou um enxame de abelhas? Venha o diabo e escolha! 8. Você tem sardas? Nop. 9. Você sempre sorri para fotos? Quase sempre! 10. Qual é a sua maior neura? Ui se as coisas não levarem o rumo que eu quero fico do pior! 11. Você já contou seus passos enquanto você andava? Sim. 12. Você já fez x…

As férias acabaram... Como é que ficaram os animais abandonados?

Existe uma dura realidade que após as férias de verão fica esquecida. Se no inicio do verão as campanhas de sensibilização são muitas (e mesmo assim não são suficientes), a verdade é que depois dos dias dourados de verão, já ninguém pergunta o que aconteceu ao cão idoso que abandonaram às portas de uma instituição, ou então como está aquele cachorrinho que deixaram na beira da estrada.
A minha pergunta para vocês é: Afinal o abandono está a diminuir?
E infelizmente a resposta é não! No final do verão contactei várias instituições que recolhem animais e as respostas são sempre iguais: Não! Não diminuiu.
Para vos ilustrar esta realidade, pedi a várias instituições dados sobre o abandono de animais durante os meses de verão, porém só a Associação Midas no Porto é que se ofereceu para disponibilizar dados concretos:

2015 - 53 animais acolhidos pela instituição.
2016 - 107 animais acolhidos pela instituição. 
2017 - 71 animais acolhidos pela instituição.

Porém antes de começarem a bater palma…

A menina bonita

Decerto que lhe conhecem a imagem, a menina de nove anos, chama-se Kristina Pimenova, e é já considerada uma das raparigas mais belas dos últimos tempos.
A criança, é modelo para marcas como Armani, Vougue e Dolce & Gabanna, e desde os 3 anos que assina contratos milionários. Kristina Pimenova, nasceu em Moscovo, e está inscrita em agências de modelos desde tenra idade. Quem patrocinou tudo isto?! A sua mãe, Glikeriya Pimenova, também uma ex-modelo, tem levado a filha à ascensão, porém, tem também sido criticada por isso. Além de muita gente a criticar por não permitir que Kristina tenha a vida de uma criança normal, a mãe da mesma é ainda mais criticada por ter permitido que recentemente a filha pousasse maquilhada e vestida de forma pouco própria para a sua idade. Glikeriya Pimenova, gere os contratos milionários da filha, bem como as redes sociais da mesma que já tem mais de 300 mil seguidores. Porém não é o numero de seguidores que vai determinar a infância que muitos dizem p…