Avançar para o conteúdo principal

Guerra civil de saltos altos


Durante muitos anos, fui apologista daquela máxima que nos diz que "na carreira e nos saltos (dos sapatos), quanto mais alto melhor".
Tinha uma boa profissão, um corpo de fazer inveja, e os meus saltos nunca eram inferiores a 15cm. Já estão a ver o que isso diz de mim...
fonte
Seja como for, também existiu alguém que se lembrou de dizer que quanto mais se sobe, maior é a queda. Dito isto, decidi aproveitar a queda e ficar à parte da escravatura feminina no que diz respeito aos saltos altos.
A verdadeira mulher não se mede, unicamente pelo trabalho que tem, mas pelo gosto com que o faz.
A verdadeira mulher, não se mede, pela altura dos saltos que usa, mas sim pela coragem dos saltos que dá.
A verdadeira mulher, está na menina, que aprende tudo isto, sabe ser tudo isto, sabe muito mais, e não tem medo de o assumir.

Comentários

  1. Está aí um belo pensamento

    Sónia
    www.tarasemanias.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, mas na altura foi dificil assimilar tudo isto!

      Eliminar
  2. E é assim que se deve pensar, porque saltos altos e corpos bonitos não fazem o trabalho, se não houver competência e outras coisas mais da parte da pessoa :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Era mesmo isso que eu pretendia transmitir...

      Eliminar
  3. Eu sempre tive um grande problema com sapatos de salto alto e acho que estou numa fase ainda pior! Não consigo andar decentemente e para andar toda torta, então prefiro andar no rés do chão. O facto do meu trabalho implicar andar muito tempo em pé durante o dia e ir para aqui e para acolá diz-me que saltos altos quando se trabalha com crianças é praticamente impossível. E depois durante o fim de semana, não me sinto tentada a usá-los. Vai daí os meus pés nunca se terem habituado!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois.... Os meus desabituaram-se dos saltos altos...

      Eliminar
  4. Tão verdade!!
    Já respondi ao teu desafio :D

    ResponderEliminar
  5. Concordo a 100% contigo.

    Sou uma grande "vítima" dos saltos mas estou a tentar mudar... Não só nisso mas em muitas outras coisas. Passarei a aplicar o que disseste nos parágrafos seguintes. Sábias palavras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No meu caso é mesmo por experência própria...

      Eliminar
  6. Beleza!! Verdadeiro pensar! Eu aprovo, pois estou na fase ,apenas rasteirinhas,rs...bjs, chica

    ResponderEliminar
  7. >>É assim que gosto de te ver comunicar connosco. Continua com essa força a dar saltos altos na vida, os saltos altos dos sapatos apenas servem para entortar a coluna.
    Bjo*

    ResponderEliminar
  8. Oi Izy, concordo com tudo mas confesso que adoro um salto alto. Agora nem tão fino porque a idade já tirou um pouco do equilíbrio e as calçadas da cidade não permite nem para quem tem total poder sobre o equilíbrio, mas sempre que posso ainda subo nos saltos. Bjs
    Joana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema não é a idade... É mesmo as calçadas... Malditas ruas que já nem deixam uma mulher caminhar como deve de ser. Até eu de sapatilha tropeço... quanto mais de saltos...

      Eliminar
  9. Não importa o tamanho do salto, mas a volta de saltar mais longe, concordo inteiramente contigo!

    r: Isso também me irrita bastante

    ResponderEliminar
  10. O importante é não perder a essência de ser menina sabendo ser mulher ;)

    ResponderEliminar
  11. Concordo contigo, a nossa garra e a forma como lutamos por o que queremos é o mais importante :)

    ResponderEliminar
  12. Ainda me atrevo a acrescentar que a verdadeira mulher, irá para sempre ser menina, usar sabrina, mas com muita adrenalina :)

    ResponderEliminar
  13. 15 cm não são definitivamente a altura dos meus saltos, nem pensar.

    Gosto de ver, mas fico-me por uns saltos mais modestos e até os de cunha fazem as minhas preferências.

    Como sou baixa raramente utilizo sapatos rasos, mas não vale a pena grandes saltos...sou sempre e serei uma baixinha.
    Nada que traumatize, nem me imagino doutra forma.

    Beijinhos


    ResponderEliminar
  14. Nunca usei saltos tão altos, nem nada parecido.
    A minha coluna nunca o permitiu e nunca me senti menos elegante por isso.
    Há sempre maneira de se contornar os pequenos "nãos".

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu agora que me dedico às sapatilhas e sei ser elegante com elas...

      Eliminar
  15. Eu não ando de saltos, não dá, passo muitas horas de pé de um lado para o outro. Sempre me senti bem de sapatos rasos. Gosto de sapatos de salto, acho que fica giro e sexy, mas dispenso

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sou da tua opinião, acho que fica sexy, mas também é preciso saber andar neles...

      Eliminar
  16. Texto lindo! Não importa o tamanho do salto! A verdadeira mulher não se mede pelas aparências, mas pelas atitudes! Parabéns!

    ResponderEliminar
  17. Adorei o texto, concordo plenamente contigo!

    ResponderEliminar
  18. só tenho uma palavra a dizer: Amén.
    Este texto diz tudo :)

    ResponderEliminar
  19. Muito bem, assim é que se fala! :)
    Beijos
    http://coeurdartichautbyannabelle.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  20. Palavras sábias!



    *Beijinhos*
    Caty<3
    http://myfairytale4.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  21. Olá.. sou nova por aqui! Vi o teu post.. a ultima vez que usei saltos.. foi ai há uns.. 5 anos! Acho que já nem sei usar.. as dores nas pernas são tantas...que desisti! Mas concordo contigo, não é o tamanho do salto que nos cria! Até acho, que o exterior apenas realça o nosso interior! bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Antes de mais bem vinda, e sim tens toda a razão!

      Eliminar
  22. Ora nem mais! Não poderia deixar de concordar contigo :)

    ResponderEliminar
  23. Aí está uma bela reflexão. Não diria melhor.

    ResponderEliminar
  24. Eu adoro saltos altos porque sou pequena mas raramente os uso, aquele dores de pés que eles fazem dá que pensar duas vezes antes de os calçar...
    Beijinhos*

    r: Obrigada :))

    ResponderEliminar
  25. Muito interessante o teu post, acho que nunca tive visto as coisas dessa forma.

    ResponderEliminar
  26. Muito bom o post, Isy! E o encerraste com chave de ouro, ao dizer: "A verdadeira mulher, está na menina, que aprende tudo isto, sabe ser tudo isto, sabe muito mais, e não tem medo de o assumir.". Aplaudo-te de pé, amiga, e te desejo uma boa semana!

    ResponderEliminar
  27. Não podia estar mais de acordo com este post!!!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

TAG| 100 perguntas que ninguém pergunta

Sabendo como eu gosto de responder a TAGs a Matilde do blog "O Cantinho da Tily", nomeou-me para este desafio bem simples e divertido. As regras são simples, responder às 100 perguntas, e nomear quem quisermos. Vamos a isso? 1. Você dorme com as portas do seu armário aberta ou fechada? Prefiro fechada por uma questão de organização, mas não me faz diferença. 2. Você leva embora os shampoos e condicionadores dos hotéis? Sim!!! 3. Você dorme com seu edredão dobrado para dentro ou apra fora? Tanto faz! 4. Você já roubou uma placa de rua? não, mas confesso que gostava de ter uma! 5. Você gosta de usar post-it? Adoro! 6. Você corta cupões, mas depois nunca usa? Sim! 7. Você prefere ser atacado por um urso ou um enxame de abelhas? Venha o diabo e escolha! 8. Você tem sardas? Nop. 9. Você sempre sorri para fotos? Quase sempre! 10. Qual é a sua maior neura? Ui se as coisas não levarem o rumo que eu quero fico do pior! 11. Você já contou seus passos enquanto você andava? Sim. 12. Você já fez x…

As férias acabaram... Como é que ficaram os animais abandonados?

Existe uma dura realidade que após as férias de verão fica esquecida. Se no inicio do verão as campanhas de sensibilização são muitas (e mesmo assim não são suficientes), a verdade é que depois dos dias dourados de verão, já ninguém pergunta o que aconteceu ao cão idoso que abandonaram às portas de uma instituição, ou então como está aquele cachorrinho que deixaram na beira da estrada.
A minha pergunta para vocês é: Afinal o abandono está a diminuir?
E infelizmente a resposta é não! No final do verão contactei várias instituições que recolhem animais e as respostas são sempre iguais: Não! Não diminuiu.
Para vos ilustrar esta realidade, pedi a várias instituições dados sobre o abandono de animais durante os meses de verão, porém só a Associação Midas no Porto é que se ofereceu para disponibilizar dados concretos:

2015 - 53 animais acolhidos pela instituição.
2016 - 107 animais acolhidos pela instituição. 
2017 - 71 animais acolhidos pela instituição.

Porém antes de começarem a bater palma…

A menina bonita

Decerto que lhe conhecem a imagem, a menina de nove anos, chama-se Kristina Pimenova, e é já considerada uma das raparigas mais belas dos últimos tempos.
A criança, é modelo para marcas como Armani, Vougue e Dolce & Gabanna, e desde os 3 anos que assina contratos milionários. Kristina Pimenova, nasceu em Moscovo, e está inscrita em agências de modelos desde tenra idade. Quem patrocinou tudo isto?! A sua mãe, Glikeriya Pimenova, também uma ex-modelo, tem levado a filha à ascensão, porém, tem também sido criticada por isso. Além de muita gente a criticar por não permitir que Kristina tenha a vida de uma criança normal, a mãe da mesma é ainda mais criticada por ter permitido que recentemente a filha pousasse maquilhada e vestida de forma pouco própria para a sua idade. Glikeriya Pimenova, gere os contratos milionários da filha, bem como as redes sociais da mesma que já tem mais de 300 mil seguidores. Porém não é o numero de seguidores que vai determinar a infância que muitos dizem p…