sábado, 8 de setembro de 2018

Tinha tudo para correr mal (1ª Capítulo)

Como vos tinha dito no editorial, decidi voltar a dedicar-me à escrita e decidi criar a história de um grupo de amigos. Cada capitulo da história vai contar com a perspetiva da Eduarda (que é a personagem principal).
Ainda estou a escrever a história tenciono ir adaptando de acordo com as vossas reações, por isso fiquem à vontade.
"Estava a rir de mais uma piada obscena do Rodrigo quando vi a Ana e o Ivo entrarem no café. Eles tinham convocado o grupo para uma "reunião de emergência", mas neste momento eu já tinha feito as minhas apostas sobre o que seria motivo de tanto mistério.
OK! Aqueles dois são realmente o casal perfeito, tão perfeito que até irrita. Ambos loiros de olhos azuis. Ela além de loira tem um longo e saudável cabelo comprido, sempre bem penteado a combinar com umas bochechas fofas e uns lábios de boneca. Ele também está perto da perfeição com a sua barba loira e maxilar definido. A maioria das pessoas dizem que eles são o casal perfeito, eu pessoalmente acho que eles parecem saídos de uma revista de propaganda nazi.
- Eu e o Ivo temos boas noticias! - Disse a Ana com um enorme sorriso que mostrava os seus dentes igualmente perfeitos. 
Ela levantou a mão à altura do peito e exibiu ao grupo um enorme calhau no dedo anelar. Claro que assim que as palavras "vamos casar" surgiram, todas as almas presentes soltaram exclamações de felicidade e alguns malucos mesmo levantaram-se para dar abraços e beijinhos.
Deixei-me ficar para o fim do desfile e então disse calmamente - Desejo-vos as felicidades. - Não consegui dizer mais nada, afinal o que é que se diz nestas situações quando não se acredita no amor?
Sinceramente apetecia-me gritar à minha melhor amiga, para fugir e gritar, para não se meter em loucuras, mas a Ana era mesmo assim, além de loira era apaixonada e seria uma boa esposa ela tinha direito aos seus sonhos.
E por falar em sonhos, os delas passavam por um bom marido, uma boa carreira, um casamento em grande, mais tarde uns dois ou três filhos e manter uma silhueta perfeita. Ela estava no bom caminho!
- Já escolhemos os padrinhos!!! - Exclamou ela ainda em êxtase.
Ah! Aqui está a prova, ela já tinha tudo pensado e só agora estava a acontecer.
Não fiquei admirada quando anunciaram que o Rodrigo, o primo do Ivo ia ser o padrinho, esta era uma escolha óbvia, mas fiquei espantada quando ouvi o meu nome ser apontado para o infame no da madrinha.
- Eu?! Tens a certeza?
- Edu, tu és a minha melhor amiga desde sempre! Além disso fui madrinha do teu casamento!
E nem por isso a minha experiência lhe serviu de exemplo...
- OK, tudo bem. - Tinha que me render.
- Joana queres ser o meu par? - Perguntou o Rodrigo lançando o seu charme.
- É que nem comeces. - Afirmou a Joana acendendo um cigarro.
Tenho que dar o mérito ao Rodrigo, não desiste de tentar a sua sorte com a Joana apesar de toda a gente saber que isso nunca vai acontecer.
A verdade seja dita. ele é realmente um homem interessante. 1.90m, moreno, musculado cabelo e olhos castanhos... Pessoalmente tirava-lhe as tatuagens, mas a minha opinião não conta para nada. Aliás ele tem tanto de bonito como de mulherengo, por isso só uma mulher estúpida (e ele conhece muitas) se deixaria levar pelos seus encantos. 
E como de estúpida a Joana não tem nada, ela tem vindo a declinar todas as investidas dele. Sinceramente acho que ele é o único que ainda não percebeu que ela é areia a mais para a camioneta dele.
Os ânimos estavam ao rubro, por isso aproveitei para dar atenção ao meu telemóvel. Para minha surpresa tinha uma mensagem do meu "amigo comprometido". Já não tinha notícias dele desde o dia em que lhe disse que não ia ter um caso com ele apesar de toda a química que existia entre nós. Expliquei-lhe que antes de qualquer relação ou coisa do género, gosto de sair, tomar um café e conhecer a pessoa. Na altura ele ficou chateado e simplesmente desapareceu, mas agora como um novo filme do "Sozinho em casa" ele estava de volta e surpresa! Queria tomar café comigo! 
Só me faltava esta!!!"

Espero que tenho gostado do inicio da história, deixem a vossa opinião! Quero saber se vale a pena continuar a história ou não!
Se o feedback for bom, para o próximo sábado temos mais um episódio de TTPCM.

Acompanhem também as novidades no Instagram (@pequenabonecadetrapos) ou no Google+.

21 comentários:

  1. Hum, curiosa para saber o errendo deste livro.
    Espero que continues. :)

    ResponderEliminar
  2. Fiquei bastante curiosa com este começo :)
    Continua!

    ResponderEliminar
  3. Um começo bem interessante.
    Aguardo a continuação.
    Um abraço e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  4. Num começo desconhecido,
    para quem o fim não sabe
    da sinceridade não duvido
    porque confio na verdade!

    Tenhas um bom fim de semana cara amiga Teresa Isabel.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  5. Gostei da tua escrita. Leve, directa e divertida. Gosto do estilo.
    Estou curiosa para saber se ela vai tomar café com ele e o que lhe vai dizer :)
    Obrigada por partilhares connosco
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada!
      Em breve saberemos o que é que a Eduarda vai fazer...

      Eliminar
  6. Nossa que gostei bastante desta tua nova partilha, mas parece ser uma boa historia
    Beijinhos
    Novo post // CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  7. O que será que vai sair daí?
    Ela parece me ser muito decidida e convicta das suas ideias, vamos ver.
    Xoxo

    marisasclosetblog.com

    ResponderEliminar
  8. Vale a pena, sim, continuar a história. Olha, não conhecia estes teus dotes narrativos.
    Bjs

    ResponderEliminar
  9. Este grupo promete :)))... fiquei curioso com o desenrolar da história, e vou estar atento aos futuros episódios.
    ;)

    ResponderEliminar
  10. Fico sempre curiosa para saber como a história vai acabar, espero pelo próximo capítulo :)

    ResponderEliminar
  11. Gosto do teu jeito de comunicar... por isso continua! Bj

    ResponderEliminar

loading...