Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2014

Noivado

Sabem aquele momento especial, em que um homem se ajoelha à nossa frente e nos pede em casamento?!
Acreditem que não existe nenhuma palavra no mundo quedescreva essa sensação, as lágrimas que me escorriam pela cara, o sorriso dele, a palavra sim a sair da minha boca… Pronto, foi uma confusão de sentimentos! Gostava de ter fotografado este momento, mas nenhuma fotografia seria suficiente para mostrar aquilo que me ia na alma. Acho que apaguei mesmo! Não acredito que estou noiva!!! Por isso o dia 27 de junho, fiquei noiva, do único homem a quem me entreguei verdadeiramente de corpo e alma.
Sim, é desta, a Pequena Boneca de Trapos, está noiva!

Talvez não passe mesmo de uma boneca de trapos.

Depois do que aconteceu ontem tenho mesmo me sentido uma verdadeira boneca de trapos.
Quer dizer, não é isso que todos nós nesta sociedade somos?! Meros bonecos nas mãos uns dos outros?!
O respeito é um mito, a segurança é uma sorte e a confiança só depende de nós. Quando vivemos num mundo assim, será que nos podemos considerar humanos?!
Se fossemos humanos, no verdadeiro sentido da palavra, não causamos dor, nem infringíamos sofrimento aos outros. Afinal o que é que os seres humanos ganham em não ser humanos?! Ser humano é errar, mas até que ponto causar dor faz de nós melhores ou piores pessoas?! Se avaliarmos as coisas dessa maneira, podemos dizer que um animal que protege a sua cria é mais humano do que uma mãe que trafica o próprio filho.
Bonecos... Somos apenas bonecos uns dos outros!

O que aconteceu ontem...

Ontem aconteceu algo que tão cedo não vou esquecer.
A verdade é que me estou a sentir mal comigo mesma, como pessoa, e como mulher... Como tudo basicamente e a culpa é do peso! Não quero que a minha memória sobre estes meus anos sejam todas de problemas e inseguranças relacionadas com o peso, mas casa vez percebo que estou a cair num ciclo vicioso que só me está a fazer mal como pessoa, como mulher...
Tenho que mudar, e apesar de não saber bem como, vou começar por perder peso!

Não quero ser má, mas…

… Se por algum milagre Portugal conseguir passar a fase de grupos, e chegar mesmo à final, a continuar assim com tantas lesões, provavelmente somos desclassificados por falta de jogadores!
É só isto! Boa sorte a Portugal e à nossa seleção nacional! Pode ser que Portugal tenha má memória e para a próxima ninguém se lembre!

A minha rica pessoa #04

Só para que, não se diga que a minha rica pessoa é má, eis que deciditornar-me mais social! E como é que eu fiz isso?! Pois bem, agora já  podem encontrar a minha rica pessoa no twitter e saberem tudo (ou quase tudo), o que se passa por estes lados.
Vai ser por esses lados que vou fazer algum dos acompanhamentos da minha lista de 101 coisas em 1001 dias, novidades sobre os posts, fotografias do dia, entre outras coisas.
Por isso são só bons motivos para seguirem a minha rica pessoa no twitter não acham?!

Violência doméstica: até que ponto é verdade quando o dizem?!

Uma das coisas que mais me confusão faz quando vou à aldeia, é a mentalidade dos meus tios, e em alguns casos dos meus primos no que diz respeito à violência.
Não entendo como é que é possível que em pleno século XXI, as mulheres ainda serem submissas aos homens de uma forma doentia.
Desde que eu me lembro que as minhas tias se queixam-se que os maridos lhes batem. Falam disso como se fosse a coisa mais normal de uma vida matrimonial, mas depois queixam-se sempre que podem mas não fazerem nada por isso!!! 
O que me incomoda é mesmo a ambiguidade, mesmo depois de falarem que o marido lhes bateu, continuam a trata-los como príncipes, fazendo tudo como eles querem e desejam como se a violência que dizem ter acontecido nunca tivesse existido. 
Atenção, não estou a criticar a violência doméstica, porque ela existe e é grave, mas se uma mulher se queixa a toda a gente, mas mesmo a TODA a gente que o marido é violento, não seria de esperar que ela saísse de casa ou fosse à polícia? Afina…

A minha rica pessoa #03

A minha rica pessoa foi com o seu rico príncipe tentar comprar o sofá...
Vamos lá ver se desta vez chegamos a um acordo, porque a minha rica pessoa ainda não está pronta para se render!
Agora começo a perceber porque é que os homens se queixam das mulheres , nós realmente não somos fáceis de aturar.

Sabemos que alguma coisa está errada...

Quando não dormimos de noite, mas adormecemos no autocarro.
O sono tem coisas maravilhosamente estranhas. Nada como adormecer e dormir a noite seguida!

#101 coisas em 1001 dias

Já é a segunda vez que participo no desafio "101 coisas em 1001 dias" e acreditem, que pelo menos para mim, é uma boa maneira de realizar coisas que habitualmente tenho por hábito ir adiando. Talvez porque sou uma pessoa que gosta de desafios, este por ser extenso e demorado é um dos meus favoritos.
A ideia é muito simples, basta fazerem uma lista de 101 coisas que pretendam fazer, e realizar esses tópicos no prazo de 1001 dias. Claro que não convém que os itens sejam impossíveis, o segredo desta lista está em colocar objetivos difíceis mas que sejam tangíveis, além disso, eu aproveito para colocar coisas/tarefas que tenho vindo a arrastar e que por vários motivos ficam sempre por fazer, esta é uma forma de me desafiar a mim própria!
Para vos inspirar aqui fica a minha lista:

1. Ser uma pessoa melhor e mais saudável no final desta lista 2. Fazer pipocas em casa sem tapar a panela 3. Comemorar a passagem de ano a dormir 4. Participar numa atividade solidária 5. Completar o …

Hoje é dia de ir ao médico

Confesso que nesta minha luta contra o peso, o peso ganhou terreno, e que infelizmente, segundo a minha balança, engordei quase 3 kg, desde a última consulta.
Era suposto emagrecer 8kg, mas em vez disso engordei. É inaceitável engordar nesta altura do campeonato!!! O meu antigo corpo começa a tornar-se numa memória em vez de se tornar numa realidade. Não gosto de usar desculpas para os meus erros, mas a verdade é o facto de ter deixado de fumar foi o principal responsável por este aumento de peso.

É claro que existem outros fatores como a pílula (que mudei), e principalmente, aquele grande conjunto de fins de semana prolongados e afins, trabalharam todos contra mim.

Estou mesmo a ver que além da nicotina agora vou voltar a travar uma luta com a comida, mas vou ter que conseguir, não sei como, mas tenho mesmo que emagrecer!

Vou ter mesmo que conseguir, senão o médico vai desistir de mim e eu não quero isso por vários motivos!

Sobre aquela coisa da virgindade!

A diferença entre muitas raparigas e e rapazes no que toca a virgindade está na maneira como se sente, e o valor que se dá ao momento, e se para uns esse é um momento que deve ser despachado como se fossem uma bagagem pouco desejável, para mim a virgindade sempre foi algo sagrado.
O verdadeiro momento é mágico, é importante e inesquecível, daqueles que ficam para sempre na nossa memória.
Mas engana-se quem pensa que isto é tudo só conversa sobre coisas bonitas, a verdade é que a virgindade dói, pelo menos para mim doeu e muito, por isso quando me perguntam se foi bom eu respondo sem hesitar: Não! Eu detestei perder a virgindade!

A magia está no momento e não no ato. O fenómeno não está no facto de nos estarmos a iniciar na vida sexual mas sim na partilha de sentimentos que é feita entre duas pessoas.

Dizem que o sexo é bom, talvez seja verdade, mas será que isso é suficiente ou é o amor que faz a diferença?

A minha rica pessoa #02

Hoje de tarde a minha rica pessoa aproveitou o dia livre para fazer umas compras!!! E afinal de contas quem é que não gosta de compras?!
Um pijama, uma escova nova (para o meu cabelo, e acreditem que ele bem merece), umas pulseiras, phones (para substituir os phones velhinhos e que já mal funcionam), e claro uma prenda para o meu cão: uma embalagem de biscoitos para o hálito.
Estava mesmo a precisar de uma tarde assim… Não só para estar com a minha mãe, mas também para arejar… Digam o que disserem, fazer compras ajuda a relaxar e faz-nos sempre sentir melhor.

A minha rica pessoa #01

Hoje a minha rica pessoa, foi com a sua rica família até à aldeia.
A ideia era ir buscar cerejas, e visitar os familiares, mas acabei por ir apanharframboesas!
Adoro este tempo passado em família, principalmente se tiver à mistura os ares da  aldeia. Estou toda arranhada de ter andado a apanhar framboesas, e o pior é que ainda nem descobri se gosto ou não de framboesas…Esperemos que tenha valido os arranhões!

Shine bright like a diamond

Anda por ai meio mundo a falar do vestido que a Rihanna usou na passada segunda-feira no evento CFDA Fashion Awards.
Ao que parece o vestido é do estilista Adam Selman, e ao todo, além de quase transparente era constituído por um total de 216 mil cristais Swarovski.
O que é que isto tem de mais!?  Além de o vestido dela valer mais do que a minha casa, acho mesmo que a rapariga deveria ter optado por algo menos transparente. Ou então, por um nu integral por baixo do vestido, porque a verdade é que as cuecas que ela levou vistas de frente me faziam lembrar umas cuequinhas da avó, o que na minha opinião não combina com a idade dela, com o corpo dela e muito menos com o vestido!
Não sei o que se passou na cabeça da Rihanna, até porque estamos a falar de uma mulher que para muitas pessoas  consideram um símbolo da sensualidade. Tudo bem que ela tem um corpinho de fazer inveja a muita boa gente, mas acho mesmo que ficou ali alguma a mais ou menos, só ainda não sei bem o que foi!
Alguém me exp…

Tag| The Cracking Chrispmouse Bloggywog Award

Ainda ontem cheguei, e já estou a receber prémios e nomeações para TAG'S! Este desafio chegou-me através do blog "A nossa Imaginação"
Aqui ficam as regras: Mostrar o prémio;Anunciar o prémio com um post no seu blog e agradecer ao blogger que o nomeou (incluir o link do blogger);Nomear 15 blogs para responder a esta TAG;Fazer um comentário no blog que nomeou, indicando que ele deve seguir as instruções aqui citadas quando ele criar o seu post com as resposta à TAG. Quanto aos nomeados… Pedacinhos de mimA vida como eu a vejoFly, BlackbirdHook LineEscrito nas EstrelasCoração QuenteLook DayPinta RoxaBiggest FantasyTeh teh UncoveredA little GuessSó consegui nomear estes 11 blogs, porque como sabem comecei recentemente e não conheço assim tantos quanto isso.

O sexo não deve ser banalizado

Ontem no meu trabalho ouvi algumas colegas a falarem das suas relações sexuais com os respetivos parceiros.
Pessoalmente acho que não tenho, e nem devo dizer quantas vezes o faço sexo, como e onde o faço sempre que o fizer.
Por isso irrita-me que algumas pessoas tentem tirar informações da minha vida, ou que falem da delas mais do que aquilo que deviam.
Depois de feito, devia ser apenas uma memória do casal e ponto final!
Ninguém deve expor a sua sexualidade, isso cabe apenas a quem a pratica e fica apenas entre os participantes.
Sim, é bom, mas e daí?! É preciso falar disso para mostrar que sei do que estou a falar?! Falar de sexo com toada a gente sempre que é possível? E se não for possível encaminhar a conversa para o tema "sexo" só para mostrar que o faço da maneira A, B ou C?! O fazer sexo, de como o faço cabe apenas a mim e ao meu parceiro. As preferências e gostos devem ser partilhados no momento e entre quem com elas concorda. As criticas ficam do lado de fora da po…