sexta-feira, 28 de abril de 2017

Porra eu amei-te mesmo!

Nunca achei piada a histórias de amor com finais felizes. Nunca acreditei na felicidade eterna nem no amor eterno e talvez por isso tenha aceitado com o passar dos anos a amar outras pessoas depois dele.
Esta noite sonhei com ele, com o grande amor da minha vida.
Nunca fiz segredo que existiu na minha vida uma pessoa que eu amei incondicional e irracionalmente, uma pessoa que me partiu o coração (várias vezes), mas que eu sempre amarei e irei recordar com carinho.
Não sei porque é que nunca falei disto antes, ou a ninguém, mas a verdade é que todas as coisas que me aconteceram depois dele me fizeram entender que ele era o amor da minha vida em todos os sentidos, mas que éramos completamente errados um para o outro.


Quando lhe virei costas da última vez que falamos o meu estômago estava transformado num nó, a garganta doía  por prender um grito de frustração, e eu morri por dentro. Eu sabia que era o meu adeus, tinha que o deixar ir!
Recordo com carinho os sorrisos nos corredores, as lágrimas que ele me limpou, os nossos beijos às escondidas, os nossos maiores erros, mas as minhas maiores verdades.
Não existe nada que possa fazer, a vida seguiu em frente e agora existem apenas memórias que me fazem rir. Já não choro! Estou bem e esqueci o que me magoou. Lamento não ter sorrido quando te vi no outro dia. Desculpa, mas ainda não conseguia!

Já sabia que o tinha perdido, eu própria segui em frente, mas porra, só agora que falei percebi que finalmente estou bem! Estás perdoado! Também já me perdoei a mim mesma!

24 comentários:

  1. Nem sempre e fácil mas como eu sempre digo ficam sempre as boas recordações que passamos
    força pois ah coisas que nunca esquecemos
    Beijinhos
    CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  2. Restam as boas recordacoes ;)
    Bjinhosss
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
  3. Teresa ... conheço bem essas emoções!
    E o amanhã trará um novo AMOR!
    Bj

    ResponderEliminar
  4. Há sempre aqueles amores que nunca morrem realmente. Pode vir a vida, pode vir mais pessoas, mas haverá sempre "aquela pessoa".

    ResponderEliminar
  5. Hello dear,
    You have really nice blog!
    Would you like to follow each other on GFC? Let me know, please.
    Xoxo,
    https://lifella2.blogspot.com

    ResponderEliminar
  6. Olá, o amor entra forte inesperadamente, mais difícil é esquecer, mas não impossível, o tempo serve de borracha até que ao dia que voltam os sorrisos com o coração aberto de amor, até lá a dor e a saudade continua.
    AG

    ResponderEliminar
  7. Aconteceu , porque tinha que ser. Nada acontece por acaso.
    Amarás de novo, quando chegar a tua hora!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, sou apologista que tudo acontece por um motivo!

      Eliminar
  8. Tu mesmo dizes: «Tudo acontece por um motivo.»
    Gostei deste teu post... por várias razões.
    Tudo de bom.
    :)

    ResponderEliminar
  9. Tão jovem que tu és Teresa. Outro ou outros amores virão, às vezes é ao virar a esquina outras está mesmo a nossa frente. Os erros são, um dia, as nossas maiores verdades.
    Bjxxxxx

    ResponderEliminar
  10. Isso vai passar tudo quando conheceres "aquela" pessoa especial!

    ResponderEliminar
  11. Outros amores virão... apesar de quem nos machuca... deixar sempre uma amarga recordação...
    Mas há que relativizar... e seguir em frente...
    Bjs
    Ana

    ResponderEliminar