terça-feira, 20 de setembro de 2016

O corpo é meu, eu decido o que se passa com ele

Quem me segue sabe que não quero filhos, e que tirando a minha sobrinha, não existem bebés que me cativem, como tal não consigo entender por que motivo não é permitido a mim e outras mulheres como eu efetuar a laqueação das trompas.
fonte
Dizem que é por ser muito nova e por existir a hipótese de mudar de ideias no futuro, mas eu sou adulta, se já posso votar e escolher quem acho que deve dirigir o meu país não posso decidir o que quero fazer ou não fazer com o meu corpo?
Que moral tem os médicos de proibirem uma mulher que laquear as trompas com esse pretexto?
O corpo é meu, eu decido o que se passa com ele. Quero escolher as minhas opções, mas alguém achou que as mulheres não poderiam escolher, e que a maternidade é um assunto tão leviano que nós podemos mudar de ideias de um dia para o outro.
Alguém avise as pessoas que nenhuma mulher decide laquear as trompas só porque sim. A maternidade faz parte da sexualidade de uma mulher e se ela está disposta a abdicar dessa parte o máximo que podem fazer é respeitar.

59 comentários:

  1. Percebo ambas as partes. A gravidez não é, de todo, um assunto leviano, mas a verdade é que a vida dá imensas voltas. Não estou a dizer que é o caso, contudo, não seria a primeira vez que uma mulher afirmava não querer ter filhos e depois, pelas mais diversas razões, alterava a sua forma de pensar.
    Claro que, acima de tudo, tem que se encarar o assunto com consciência, porque a decisão de ter ou não um filho não é o mesmo que escolher os cortinados da sala. E ambas as opções são válidas, por isso devem ser tratadas com igual respeito.

    r: Obrigada :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Plenamente de acordo ctg, querida Andreia
      Bjinhosss

      Eliminar
  2. Eu também tomei a decisão de não ter filhos, apesar de adorar crianças, mas como costumo dizer, gosto muito, mas no colo dos outros. Acho essa lei um absurdo, uma falta de respeito pela mulher. Penso que já houve casos de mulheres bem jovens mas já com muitos filhos, onde lhes impuseram a laqueação. Se o aborto é possível até às dez semanas, porque não a laqueação? Enfim, leis injustas.
    Bjxxxx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Nina ja tens um sobrinho, isso e certo e sabido ;) mas acredita que mais tarde ou mais cedo o instinto acaba sempre por falar mais alto ;) Bjinhosss

      Eliminar
    2. Um não querida! tenho 3 :) e um sobrinho neto, também inglês. O teu Lu é demais, de fofo, lindo mesmo. Mas não Matilde, não tive e não estou arrependida.
      Jinho

      Eliminar
  3. Oh,que pena não quereres ser mãe,mas tu lá sabes,a decisão é só tua e de mais ninguém!! Eu quero muito ser mãe e ter apenas um bebé que me mude a minha vida,mas como sou uma rapariga pobre,duvido que isso algum dia aconteça,mas pode ser que eu ainda consiga realizar esse sonho!! Boa semana para ti,fica bem querida!!

    ResponderEliminar
  4. Realmente é uma questão que devia ser mais debatida.

    Beijinhos

    Lina Soares
    http://trintaporumalinhanoticias.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois devia mas parece ser daquelas coisas que "estão bem como estão"

      Eliminar
  5. Completamente. E ficam super bem com tudo :D

    Estou totalmente de acordo contigo. As mulheres são livres de tomar as decisões que querem :)

    NEW DECOR POST | Bedrooms with harmony.
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, mas infelizmente parece que os médicos não pensam assim!

      Eliminar
  6. Desconhecia essa proibição...de fato acho que a mulher devia poder optar...


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  7. Desconhecia essa proibição...de fato acho que a mulher devia poder optar...


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  8. Apesar de entender o teu lado também respeito o outro!
    Se daqui a 10 anos mudares de ideias e quiseres ter um filho já não há nada a fazer!
    As pessoas mudam de ideias...
    Mas estando tu tão certa disso acho que não o deviam proibir! Se no futuro por acaso mudasses de ideias o problema seria teu, não dos médicos!

    ResponderEliminar
  9. Obrigada pela tua visita,mais uma vez,no meu blogue,fico contente que tenhas gostado das minhas frases na brincadeira da chica com a palavra serenidade!! Feliz terça-feira para ti,fica bem!!

    ResponderEliminar
  10. Respeito é a palavra chave para a maior parte das coisas
    Beijinhos
    elisaumarapariganormal.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  11. Concordo em gênero, número e grau!!!
    Você opta por não ter ou ter filhos... e isso só a ti diz respeito!!!
    Médico nenhum tem direito a decidir por você!!!!

    ResponderEliminar
  12. Temos de respeitar as opiniões nas duas situações...ser ou não ser mãe!
    Eu respeito!
    A questão da não laqueação das trombas tem a ver com o facto de a mulher poder retroceder na sua decisão!
    Bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas eu não quero retroceder na opinião e se eventualmente quiser e já o tiver feito paciência foi uma escolha. Também votei no Paços Coelho quando ele venceu e depois arrependi-me!

      Eliminar
  13. Pois,,, excelente assunto, excelente post... so concordo com a laqueacao das trompas em caso de doenca, mas e claro que respeito, e claro que o corpo e nosso e so nos e que sabemos o que passamos e sentimos... como sabes acabei de realizar o meu sonho de ser mae, acho que todas as mulheres o teem apesar de o dizerem que nao, esse desejo acaba por vir mais tarde ou mais cedo, quanto mais nao seja por instinto... ainda ha pouco tempo ca em Inglaterra foi noticia que muitas mulheres de 50 anos decidiram agora que queriam ser maes e estao a pedir tratamentos de ivf e servico de saude esta lhes a recusar... pois la esta porque nao se lembraram disso na idade fertil?... Por inumeras razoes mas o que e certo e que ha um tempo certo para tudo...
    Eu neste momento, tambem gostava de tirar tudo, porque o corpo e meu, eu e q sei o que sinto mas os medicos nao me fazem a vontade pois dizem que ainda sou muito nova... mas quem sabe eu... desculpa alongar-me mas este assunto da pano para mangas...
    e as conversas sao mesmo como as cerejas...
    Bjinhosss
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Compreendo perfeitamente as tuas palavras, mas tenho a minha decisão firme de que não quero filhos, além disso acho que se sou maior de idade para cometer crimes, votar e afins deveria ser maior e idade para escolher se quero ou não laquear as trompas!

      Eliminar
  14. Tens todo o direito!

    Eliana,
    https://around-eliana.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  15. Um assunto que "dá pano para mangas", até pela simples razão de não serem "os médicos" especificamente a deliberarem essa "proibição".
    E mesmo que sejas "autorizada/aconselhada" a fazer essa intervenção, e se fores casada, o teu marido tem sempre que assinar o papelzinho :o)
    E esta hein?!
    Tudo de bom!
    :)
    ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso essa coisa da autorização do marido não sabia!

      Eliminar
  16. Não conhecia esse tipo de proibição... Há coisas que ainda me deixam de boca aberta... pensava que esse tipo de coisas deveriamos ser só nós a decidir... És só tu que queres fazer isso e não não vais prejudicar ninguém... nem matar ninguém... algo anda distorcido neste país... uma mulher não pode laquear as trompas... mas pode abortar... :-/

    Ana Negrão Makeup

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se for no privado e pagar é possível tanto quanto sei, mas no publico não te fazem a intervenção!

      Eliminar
  17. Não conhecia esse tipo de proibição... Há coisas que ainda me deixam de boca aberta... pensava que esse tipo de coisas deveriamos ser só nós a decidir... És só tu que queres fazer isso e não não vais prejudicar ninguém... nem matar ninguém... algo anda distorcido neste país... uma mulher não pode laquear as trompas... mas pode abortar... :-/

    Ana Negrão Makeup

    ResponderEliminar
  18. Percebo perfeitamente o que queres dizer, sou um pouco dessa opinião, no entanto percebo o outro lado. Todas nós conhecemos pessoas que bateram o pé que não queriam e ponto final, mas afinal não era um ponto final, mas sim uma vírgula seguida de um "no entanto".
    São decisões que precisam de ser bem pensadas.
    Beijinho, Kati

    ossegredosdakati.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Contra mim falo, mas para essas pessoas fica a adopção. Está na altura de as pessoas serem responsáveis pelas decisões que tomam!

      Eliminar
  19. Confesso que não conhecia mas cada tem saber o que querer fazer na vida
    Muito obrigada pela visita volta sempre adorei
    Beijinhos
    CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  20. Nem sequer sabia que não permitiam essa opção mediante a idade...

    ResponderEliminar
  21. Quem disse q não podes fazer a laqueação?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não foi a mim diretamente mas uma colega minha. Infelizmente a moral é a mesma!

      Eliminar
    2. Então é melhor informares-te melhor sobre isso. Em Portugal, "a esterilização voluntária só pode ser praticada por maiores de 25 anos, mediante declaração escrita devidamente assinada, contendo a inequívoca manifestação de vontade de que desejam submeter-se à necessária intervenção e a menção de que foram informados sobre as consequências da mesma, bem como a identidade e a assinatura do médico solicitado a intervir." (Lei n.º 3/84 de 24 de março).

      Eliminar
    3. Esqueci-me de mencionar que partilhei o artigo 10.º da lei...
      Agora, o artigo 11.º diz que "é assegurado aos médicos o direito à objeção da consciência, quando solicitados para a prática da inseminação artificial ou de esterilização voluntária".
      Pode ter sido isso que aconteceu à tua colega... (sempre com a ideia em mente de que ah e tal, vais mudar de ideias :/ )

      Eliminar
  22. Não sabia que era proibido.
    Concordo muito, a mulher deve fazer o que achar melhor com seu corpo!
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

    ResponderEliminar
  23. Adorei o post e gostei de ver as diversas opiniões sobre o assunto, sou mãe e isso foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida, mas é uma coisa complicada e de muita responsabilidade, não é só colocar uma criança no mundo, acho que a mulher deve ter o direito de decidir se quer ou não ter filhos e isso deveria ser uma decisão só dela, se ela se arrepender depois tem que arcar com os seus erros. E não ser proibida. Bjs

    ResponderEliminar
  24. Olá, Teresa! Tudo bem?

    Assunto bastante complicado, ein. Mas achei bem bacana compartilhar sua opinião sobre. Acredito que cada pessoa deve cuidar de si mesmo e só ela pode definir o que fazer ou não com seu corpo. Futuramente você pode mudar de ideia, ou talvez não. Mas só você no fim das contas pode decidir. Ou seja, se é essa sua opinião no momento conviva com ela, mas talvez fazer um laqueadura seja algo muito extremo no momento. Acho bacana se prevenir e tals, mas quem sabe um dia mude de ideia, entende?

    Enfim, muito bacana seu ponto de vista. Mostra que você tem opinião própria.

    Uma ótima semana! Até mais.
    http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é uma decisão que eu estou a tomar levianamente. Tenho consciência da escolha que fiz e se um dia me arrepender terei que lidar com isso.

      Eliminar
  25. Concordo contigo...cada um deve fazer o que acha melhor para si.
    Se não sentes desejo de ser mãe, não sejas!

    Havendo leis (desconhecia) terás que as respeitar...vais tendo os cuidados que existem.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é uma lei, mas nos hospitais públicos estas intervenções não são feitas pelos motivos que indiquei!

      Eliminar
  26. Fico contente que tenhas gostado das minhas respostas no raio x com a palavra cotidiano,obrigada,mais uma vez,pela tua visita no meu blogue,muito boa noite para ti!!

    ResponderEliminar
  27. Realmente, essa é uma decisão sua e não dos médicos... Concordo com você! beijo

    https://amebatom.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  28. Olá querida! Eu sou a antiga escritora do Haute Couture e resolvi vir apresentar-te o meu novo blog, o Ariel Vibes. Fico à espera que me sigas por lá e que venhas ler as minhas aventuras e pensamentos, assim como virei visitar o teu cantinho :)
    Em relação a este assunto, sou muito categórica: o teu corpo, as tuas decisões!!!
    Beijinhos,
    http://arielvibes.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  29. Concordo perfeitamente querida!!
    A mulher deve poder decidir sobre a sua vida e seu corpo.
    Sabendo que é uma decisão irreversível, tem de assumir as consequências...
    Beijinhos,
    Rita Completo, consultora de imagem
    www.ritacompleto-consultoria-imagem.com/

    ResponderEliminar
  30. concordo... eu n sabia q era proibido a uns dias e q vi qualqer coisa sobre isso

    ResponderEliminar
  31. Não é permitido?
    A partir dos vinte e cinco anos, sim.

    ResponderEliminar
  32. Desconhecia...
    Ora aí está um bom tema que merece um debate mais alargado na sociedade...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar