O blog também já está no Pinterest

Espero que me sigam por lá

Querem ganhar dinheiro extra?

Tornem-se revendedores Oriflame e ganhem aquele dinheiro extra que tanto precisam...

Mais perto dos leitores

Já podem seguir o meu perfil no facebook, assim estamos todos mais perto

Adoro trazer novidades!

Espero que estejam curiosos.

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

A ciência da roupinha inspirada na Teresa Lisbon

É cada vez mais usual encontrar mulheres em cargos de chefias em séries policiais. A Teresa Lisbon é mais uma dessas mulheres.
Pessoalmente adoro o estilo dela porque além de ter ar de mulher durona, segue sempre manter-se super elegante e com looks que fazem inveja por serem tão simples e ao mesmo tempo femininos.
1; 2; 3;
A Teresa Lisbon tem um cabelo que acho fabuloso e que permite vários penteados. Apesar de em quase todos os episódios ela o usar solto e caído sobre os ombros, ela uso franja, totalmente esticado, com ondulação e todos eles sejam curtos ou longo lhe ficavam bem. A escolha de maquilhagem é feita de acordo com o papel que desempenha, simples e natural, mas acima de tudo realça a sua beleza natural e os seus olhos claros.
4; 5; 6; 7; 8; 9;
Os visuais da Teresa Lisbon são sempre em tons não muito vistosos. Ela usa sempre calças com camisas e t-shirts, mas remata sempre com um casaco elegante, e com linhas femininas. Ela também usa muitas vezes as t-shirts ou camisas presas nas calças, deixando assim à vista o cinto que combina sempre na perfeição com a roupa que está a usar.
10; 11; 12.
Também na escolha de vestidos a Teresa Lisbon é previsível. Ela opta sempre por modelos que favoreçam o peito,  depois cortes mais largos para favorecer a ideia de ancas e pernas longas.



Teresa Lisbon é uma das personagens principais da série "O Mentalista"  e é interpretada pela Robin Tunney, atriz nascida a 19 de junho de 1972 (actualmente tem 44 anos e quando a série acabou ela tinha 43)

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Parceria: Editorial Bizâncio - Descubra a cabra secreta que há em si

É com muito orgulho que vos falo da parceria que fiz com a Editorial Bizâncio. Antes de vos falar do livro que a editora me mandou deixem que vos fale da empresa em si.

A Editorial Bizâncio é uma editora generalista que se orgulha de publicar várias obras e autores, dos mais variados estilos.
Fundada em 1997, esta editora prima pelo apoio à produção cultural, tento sempre atingir os diferentes tipo de publico.

"Descubra a cabra secreta que há em si" de Elizabeth Hilts
Eis uma leitura leve, agradável e com bom humor. Ideal para mulheres que pretendem conhecer-se melhor.
O livro fala da postura da mulher na sociedade e a forma como nem sempre devemos responder por simpatia, mas sim colocar as nossas vontades sobre o resto.
Os exemplos apresentados pela autora podiam muito bem ser os nossos, e as interrogações são tão verdadeiras que acabamos por sentir que temos que nos tornar numa cabra!
E não! Cabra aqui neste livro não é um insulto! Cabra é a mulher adulta, madura e segura de si mesmo, que não tem medo de dizer "Não me Parece" em vez de responder um simpático sim.

E se os homens que seguem o meu blog estão a pensar que este é um livro para mulheres, aqui fica uma dica: Leiam e aprendam alguma sobre a maneira como nós as mulheres vivem os seus sentimentos. Além disso existe um pequeno capitulo sobre como ser um Príncipe por isso não deixem de aprender um pouco mais sobre vocês.

Uma leitura ideal para se repensar o lugar e as atitudes que a mulheres tem em sociedade!




Este texto foi pago ou patrocinado.

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Hoje falamos de... Taylor Swift

Taylor Swift nasceu na Pensilvânia em 1989. Atualmente a cantora tem 27 anos e é considerada uma das mulheres mais jovens e influentes do mundo.
Namorou um ano com o cantor Calvin Haris, mas atualmente mantém uma relação confirmada com o ator Tom Hiddleston.
fonte
Taylor Swift tem 1.78m de altura, cabelos loiros e olhos azuis. É sem dúvida alguma uma inspiração para a maioria das jovens em todo mundo.
1; 2; 3

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Um transtorno chamado dislexia

Conhecida por ser um transtorno na leitura, soletração e aprendizagem, a dislexia ocorre aproximadamente entre 3% a 17.5% da população, contudo é importante salientar que a sua ocorrência parece variar de acordo com a faixa etária e a língua materna.
Por estar intimamente ligado à dificuldade de ler, escrever e soletrar, muitas vezes este transtorno é interpretado como sendo deficit de atenção, hiperatividade ou então mesmo desleixo e falta de interesse por parte da pessoa vitima do transtorno.
Ao contrario do que ainda se pensa a dislexia não é uma doença, mas sim a formação diferenciada do encéfalo que acarreta problemas na aprendizagem.
fonte
Viver com a dislexia não é fácil, porém algumas das lacunas podem ser colmatadas dependendo do grau que cada individuo possui.
No caso da Manuela Sousa a dislexia só foi identificada quando ela andava no secundário e felizmente com os anos muitas das dificuldades foram superadas. Contudo ela afirma que "atualmente ainda existe muita falta de preparação por parte dos educadores e/ou educadores que, diariamente, lidam com as nossas crianças."
Contudo e apesar das lacunas que ainda existem no que diz respeito à identificação desta patologia a Manuela diz acreditar que os casos mais severos são mais facilmente identificados, contudo "os tipos mais leves ou incomuns de dislexia continuam a passar despercebidos".
Atualmente existem poucos estudos que se foquem na problemática da dislexia, contudo alguns estudos confirmam que os disléxicos revelam mais problemas comportamentais existindo uma associação entre a dislexia e alterações do funcionamento psíquico do indivíduo. 
Quando questionada sobre o impacto que a dislexia teve na sua vida, Manuela Sousa apenas disse "Provavelmente, nos primeiros anos, a aprendizagem teria sido mais fácil sem a ter. Mas não culpo a Dislexia pelos momentos difíceis, culpo o nosso sistema de ensino. Esse, que não se adapta às crianças, que ainda utiliza técnicas baseadas na memorização, que não estimula o aproveitamento da diferença."

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

#Resumo da Semana nº37/2016

Esta última semana foi passada a pensar na minha vida e a estabelecer algumas metas. Tenho mesmo a cabeça a mil e muita coisa em que pensar, por isso as coisas andam um pouco confusas.
Não vos cheguei a contar, mas no outro dia fui à psicóloga e ela achou-me muito bem, o que vem reforçar a minha teoria de que o divorcio me fez bem. Entretanto ainda tenho outras coisas em que me focar e uma delas vai ser tirar mais fotos.
 Legenda:

1. Olha só o livro que ando a ler aponta a Buffy como uma mulher poderosa... Também diz que ela é uma vampira por isso acho que não estamos a falar da mesma pessoa!
2. Parece que a menina quer dormir a sesta!
3. Nada melhor que começar o jantar com uma canja de galinha feita pela mamã!
4. Pronta para mais uma sexta à noite!!!
5. No sofá é que se está bem
6. Pronta para reflectir...
7.  Adorei o final do livro!

E para quem não viu nas redes sociais, já temos vencedora para o sorteio "Lábios Coloridos".
Parabéns à Cláudia Patricia Costa.
Para receberes o teu prémio envia um e-mail com os teus dados de envio para pequenabonecadetrapos@gmail.com. Se o e-mail não for recebido até às 23:59h de dia 30 de Setembro de 2016 será sorteado um novo vencedor.

Para acompanharem todas as novidades basta seguirem o blog nas redes sociais:
https://twitter.com/Bonecade_Traposhttps://www.facebook.com/ontemesomemoria/
https://plus.google.com/u/0/+TeresaSilvaIsy/postshttps://www.instagram.com/pequenabonecadetrapos/

sábado, 24 de setembro de 2016

Bons amigos dão boas sugestões #05

Hoje é aquele dia em que partilho com vocês, aquilo que li mais interessante pelo mundo dos blogs.
 Espero que tenham gostado.

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

# Os 7 do momento... nº26

Já chegou a edição de Setembro de "Os 7 do Momento", este mês além da habitual lista, fiz uma seleção mais virada para a sétima arte.
Como eu tinha dito a edição deste mês tem 3 sugestões cinematográficas. Falo da trilogia "A Purga" e atrevo-me a dizer que esta foi sem dúvida uma das melhores sagas que vi nos últimos temos. Nestes filmes somos confrontados com uma noite de terror em que todos os crimes são permitidos e onde não existe qualquer tipo de ajuda. Um filme inquietante do inicio ao fim enquanto acompanhamos as várias personagens na luta pela sobrevivência.
Quem me segue nas redes sociais deve ter visto que acabei recentemente de ler o livro "Maligna" da Joanne Harris. Pois bem, eu ao contrário de muitas pessoas não sou fã da autora e por isso decidi dar outra oportunidade quando vi o livro em promoção. Contudo devo dizer que a história ficou muito além das minhas expectativas pois na minha opinião a acção é desorganizada e o conceito é banal.
"Roswell" foi uma das séries que eu sugeri para se ver nas férias, agora volto a faltar dela porque além de ser uma das minhas favoritas, o conceito está muito interessante e a história cativa do principio ao fim principalmente nas duas primeiras temporadas.
o spray "feet up cooling breeze" da Oriflame foi um dos meus maiores maiores aliados no verão e continua a ser importante na rotina do dia a dia. Este spray deixa um delicioso cheiro a menta e kiwi nos pés e melhor que isso, deixa nos pés uma fantástica sensação de frescura.
E porque nem sempre podemos ir ao cinema, podemos trazer o cinema a casa através do "tugaflix", este site é ideal para encontrarem filmes e séries. Eu recorro a ele algumas vezes e adoro!

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

TAG | The not Homophobic

Já lá vão alguns meses desde o dia em que vi esta TAG no blog "The Choice", contudo, achei-a tão interessante que queria mesmo responder.

Regras:

1. Responder às perguntas;
2. Nomear 5 bloggers

Perguntas: 

1. Consideras-te homofóbico/a?
Não!

2. Tens algum ídolo que apoie ou discrimine o movimento LGBT?
Não faço mesmo ideia.

3. Já viste algum filme/ série que aborde a homossexualidade?
Sim já, apesar de esse não ser o assunto central era abordado.

4. E já viste algum que discrimine os gays?
Não.

5. Apoias a adoção por parte dos casais gay?
Totalmente.

6. O que achas das pessoas homofóbicas?
O mesmo que acho de todas as pessoas que não tiveram coragem de sair da caixa e abrir horizontes. Acho que são pessoas tacanhas.

7. Tens amigos homofóbicos?
Que eu saiba não, mas a verdade é que muita gente se revela com o passar do tempo.

8. O que farias se visses um amigo homofóbico a discriminar um gay?
Tentaria ter uma conversa com ele apesar de ser difícil fazer ver seja o que for às pessoas que tem este tipo de preconceito. Teria que respeitar a opinião dele pois se não o fizesse seria igual a ele, mas explicaria que se voltasse a ver algo que fosse contra as minhas ideologias teríamos que ponderar a nossa convivência pois ao amigos não criticam aquilo que os outros defendem.

Nomeados:

1. Matilde do blog "O Cantinho da Tily";
2. Ana Araújo do blog "Annah";
3. Chic'Ana do blog "Chic'Ana";
4. Tânia Silva do blog "ChocoPink";
5. Nina do blog "Quinta às nove".

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Hoje falamos de... Daniela Ruah

Ela é sem dúvida a portuguesa mais americana da televisão. Famosa pelas novelas em que participou em Portugal a Daniela Ruah tornou-se obviamente notada com o seu papel em NCIS: LA.
Mãe de um casal e casada com o ator David Paul Olsen, Daniela Ruah foi considerada uma das 100 mulheres mais sexy's pela revista Esquire.
fonte
A morena de olhos castanhos mede 1.77m e é umas inspirações além-fronteiras, seja pelos seus visuais seja pelas suas conquistas.
1; 2; 3.

terça-feira, 20 de setembro de 2016

O corpo é meu, eu decido o que se passa com ele

Quem me segue sabe que não quero filhos, e que tirando a minha sobrinha, não existem bebés que me cativem, como tal não consigo entender por que motivo não é permitido a mim e outras mulheres como eu efetuar a laqueação das trompas.
fonte
Dizem que é por ser muito nova e por existir a hipótese de mudar de ideias no futuro, mas eu sou adulta, se já posso votar e escolher quem acho que deve dirigir o meu país não posso decidir o que quero fazer ou não fazer com o meu corpo?
Que moral tem os médicos de proibirem uma mulher que laquear as trompas com esse pretexto?
O corpo é meu, eu decido o que se passa com ele. Quero escolher as minhas opções, mas alguém achou que as mulheres não poderiam escolher, e que a maternidade é um assunto tão leviano que nós podemos mudar de ideias de um dia para o outro.
Alguém avise as pessoas que nenhuma mulher decide laquear as trompas só porque sim. A maternidade faz parte da sexualidade de uma mulher e se ela está disposta a abdicar dessa parte o máximo que podem fazer é respeitar.

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

#Resumo da Semana nº36/2016

A semana que foi passou foi óptima!!! Foi uma semana de muito trabalho, de firmar uma nova parceria aqui no blog e de reencontros.
Também foi uma semana em que voltei a desafiar-me no que diz respeito ao exercício físico e sabem que mais fiquei dorida durante todo o fim de semana inteiro.
Quanto a fotografias, desta vez conseguir tirar mais e estou pronta para as partilhar com vocês:
Legenda:

1. Umas semanas sem a ver e ela já gatinha. Ah sim também já tem dentes!!? Sou mesmo uma tia babada
2. Sessão de cinema! Finalmente vou saber o que é que a Becas faz quando eu não estou!
3. A minha encomenda já chegou e a Becas já fez amizade com a caixa!
4. "O que você tem de diferente é o que você tem de mais bonito"
5. -
6. Palavras para quê?
7. Começa bem...
8. Sexta à noite é altura de sair... Que comece o fim-de-semana!!!
9. Mais um capítulo que começa bem!


Para acompanharem todas as novidades basta seguirem o blog nas redes sociais:
https://twitter.com/Bonecade_Traposhttps://www.facebook.com/ontemesomemoria/
https://plus.google.com/u/0/+TeresaSilvaIsy/postshttps://www.instagram.com/pequenabonecadetrapos/

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Regressar à rotina sim, mas com estilo

Depois das férias regressar à rotina não é fácil. Para a maioria das pessoas setembro é o mês em que regressam ao trabalho, à escola ou à faculdade. Contudo o recomeço não tem que ser mau se o fizermos em grande estilo.
fonte
Visitei o site da SheIn e recolhi algumas sugestões de roupas e acessórios que vão tornar a vossa rotina menos monótona:

Vestidos:
1; 2; 3;
Pessoalmente adoro o estilo boho no outono, porque acho que os vestidos ficam super giros com botas de cano alto e com casaco. Por isso para mim um vestido boho simples é um must have neste regresso à rotina.
Também os vestidos de corte simples são obrigatórios, eles transmitem uma certa classe e são super femininos. Dependendo da ocasião podem ser conjugados com vários casacos, e calçado. Além disso ficam bem para um dia de escola ou trabalho, mas também para um passeio ao fim de semana ou então para uma saída à noite.
E porque existem dias que só queremos algo mais quente e confortável, um vestido preto com detalhes em branco é perfeito.

T-shirts:
4; 5; 6;
Os ombros à mostra continua a ser uma tendência e se bem aplicada, uma t-shirt deste género pode ser muito bem aplicada. Se o corte for simples e elegante pode ainda ser conjugada com vários acessórios e usada com calças e saias, além disso é daquelas peças básicas que se mudarmos o conjunto em que está inserida, podemos conseguir um look completamente diferente para sair à noite.
A rotina não tem que ser aborrecida e a t-shirt nº5 é a prova disso. Sem dúvida uma das minhas favoritas, ideal para usar com calças de ganga num dia de trabalho ou de aulas, sem parecer muito vulgar.
Também os tons brancos e os estampados são obrigatórios para animar os dias mais cinzentos. Além de serem elegantes e discretas são muito femininas pelo que é possível manter a elegância e um certo ar divertido sem perder a postura.

Calças e Saias:
7; 8; 9
Gostei desta saia porque ela é bastante versátil. Dependendo do calçado que escolhemos podemos ter um visual mais descontraído ou elegante. Por conjugar na perfeição o prático e o elegante é ideal para um dia de rotina.
Antigamente diziam que calças brancas no outono/inverno era algo que não se devia usar. Pois bem eu sou completamente contra pois acho que calças brancas ficam sempre bem, além disso podemos conjugar com todas as outras cores sem corrermos riscos.
As tradicionais calças de ganga também são obrigatórias pois com elas conseguimos looks fabulosos, desde camisas a t-shirts e de sapatilhas a sapatos ou botas, as calças de ganga ficam bem com quase tudo e em quase todas as ocasiões.

Casacos:
10; 11; 12;
Pessoalmente acho que os casacos não devem ser de cores pesadas. Um blusão de uma cor mais animada como este blusão amarelo, é uma excelente maneira de animais um look que seja mais pesado ou menos apelativo.
Ter um blaser é obrigatório. Atualmente o blaser usa-se em tantos looks que não pode faltar. Além disso ficam sempre muito elegantes o que dá a qualquer look um ar mais feminino e cuidado.
Os kimonos ainda andam em voga, e nada melhor que ter um para usar de forma descontraída. Por terem um corte clássico ficam bem em quase todos os looks.

Calçado:
13; 14; 15
Acho que todas as mulheres deviam ter pelo menos um par de sapatilhas no armário. Um conjunto branco e simples fica sempre bem com qualquer look. É uma excelente maneira de estar elegante e confortável.
Botins são perfeitos principalmente para usar com calças. O preto é uma das melhores cores para calçado pois tal como o branco é possível fazer fabulosas combinações de cor.
Umas botas de cano alto são obrigatórias para usar com saias e vestidos. Escolham um modelo feminino e optem por detalhes que deem ao calçado um ar único e mais descontraído.

Malas e acessórios:
16; 17; 18;
Nenhuma mulher consegue estar sem a sua mala. E com a rotina toda a gente sabe como é fácil acumular coisas, por isso uma mala um pouco maior é ideal, pois cabe sempre o pouco e o muito. Se não podem ter várias carteiras o ideal é apostar numa cor neutra e num tecido que combine com a maioria das vossas roupas.
Um penteado diferente pode mudar por completo um look, por isso os acessórios para cabelo são uma boa aposta. Fitas, ganchos... Tudo vale desde que o penteado não seja sempre o tradicional todo soltou ou o rabo-de-cavalo.
Todos os acessórios são importantes para transformar um look. Pulseiras, brincos, anéis são importantes mas um colar no decote certo pode fazer milagres em vários looks. O colar da imagem nº18 é sem dúvida obrigatório para pessoas que apostem em decotes em V.

 Espero que tenham gostado das minhas sugestões. Para verem muitos mais modelos, visitem o site da SheIn, acreditem que vão adorar, eu pessoalmente já perdi a cabeça por lá.





Este texto foi pago ou patrocinado.

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Maquilhada ou desmaquilhada?

Eu: Achas esta rapariga bonita?
fonte
Ele: Agora está mais velha, mas na altura da Anatomia de Grey era um borracho. Mas deve estar cheia de maquilhagem senão não era tão bonita.

Cada vez mais acho que as mulheres têm uma função importante no que diz respeito ao imaginário dos homens. A verdade é que apesar de eles saberem que elas usam maquilhagem continuam a achar que elas são bonitas. Porém também são os homens que defendem que as mulheres ficam bonitas e sexy sem maquilhagem, por isso, onde é que isto nos leva?
Acredito que existem dois tipos de beleza e que todas as mulheres podem ter: a beleza natural e a beleza produzida.
Claro que algumas mulheres ficam mais favorecidas numa ou noutra, mas a verdade é que ambas realçam aquilo que somos.


quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Hoje falamos de... Gigi Hadid

Gigi Hadid começou a sua carreira de modelo com apenas dois anos. Atualmente a menina é um dos rostos da famosa marca "Victoria's Secret".
Conhecida pela sua amizade com a cantora Selena Gomez, e pelo seu relacionamento com Zyan Malik.
fonte
A modelo tem apenas 21 anos, e já inspira muitas jovens com os seus visuais:
1; 2; 3

terça-feira, 13 de setembro de 2016

A solidão é uma doença

O psicólogo Jonh Caciopo especialista em neurociência social veio público afirmar que a solidão não é um sintoma mas sim uma doença que pode ser, tal como muitas outras doenças hereditária.
Hereditariedade desta doença é de 50%, mas não está restritamente associada aos genes, mas sim ao facto da dor sentida quando nos sentimos socialmente isolados.
Não importa o numero de amigos no facebook, no trabalho, na escola ou nos nos círculos, a pessoa sente-se sempre sozinha e isso é a prova de que a solidão está ligada a fatores situacionais.
fonte
Na realidade o que acontece é que o cérebro das pessoas "solitárias" reaje de maneira diferente aos estímulos filtrando por defeito os estímulos positivos. Por exemplo, enquanto que numa pessoa normal (por normal entenda-se não solitária), a hipótese de estar com os amigos é um estimulo positivo porém as pessoas solitárias  vê essa possibilidade com indiferença.
O medo de receber más notícias ou sofrer deceções é uma das principais causas de isolamento por parte das pessoas que sofrem de solidão.
Contudo é importante recordar que estar sozinho não é a mesma que sofrer de solidão e que a primeira premissa pode ser bastante desafiante e positiva.
De qualquer maneira o estudo afirma que a solidão é contagiosa, e mata tanto quanto o tabaco. Além disso é tanto ou mais prejudicial para a saúde como a obesidade e aumenta consideravelmente o risco de suicídio.

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

#Resumo da Semana nº35/2016

Esta semana passou tão rápido que na maioria dos dias nem dei pelo tempo passar. Estive quase sempre fechada e focada no computador por isso não tenho muitas fotografias
Legenda:

1. Mais uma leitura acabada.
2. Boa sexta-feira!!!
3. Brincadeiras de domingo...
4. Para hoje temos carbonara de salsicha. Bom apetite!
5. Finalmente a minha homenagem está pronta. Pena que seja tão pouco para tanto que me deste

Mantenham-se atentos às redes sociais para acompanharem a minha semana e todas as novidades
https://twitter.com/Bonecade_Traposhttps://www.facebook.com/ontemesomemoria/
https://plus.google.com/u/0/+TeresaSilvaIsy/postshttps://www.instagram.com/pequenabonecadetrapos/

domingo, 11 de setembro de 2016

11 de Setembro de 2001, 15 anos depois

Esta foi a data que começou o terror do terrorismo. Uma data que vai ficar sempre na memória.
fonte
Onde é que vocês estavam nesse dia?

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

"Respeito o meu tempo. Não me pressiono nem desenho sem inspiração"

Margarida Costa até pode ser um nome que à primeira vista não vos pode dizer nada, mas se eu vos falar do nome Maggie? Ainda não? Então e se eu vos mostrar estes desenhos?
A Maggie licenciou-se em Design Gráfico em Coimbra na EUAC - Escola Universitária das artes De Coimbra, atualmente ela é webdesigner e ilustradora digital na área dos videojogos educacionais, porém foi através dos desenhos que ela se destacou.


1. Ao ver o teu trabalho dá para perceber que pretendes transmitir uma mensagem através dos retratos. Quais são as características que procuras num rosto antes de o desenhares?
Nunca pensei muito nisso...
O desenho é uma forma de linguagem. Foi o modo que encontrei, desde criança, para me expressar. Além disso, é uma atividade extremamente prazerosa para mim.
Portanto não creio que exista uma mensagem por detrás do meus desenhos e sim uma vontade. O desejo de imortalizar as pessoas, de quebrar a barreira do tempo e da ausência. 

2. Entre tantos rostos que já retrataste, qual é a pessoa que te falta desenhar?
A pessoa que definitivamente me falta desenhar é o meu pai. Faleceu em 2007 e ainda não tive coragem para o desenhar. Um dia, um dia.

Como qualquer artista existem momentos em que a criatividade pode falhar porém quando questionado sobre a maneira como lidava com as brancas a Margarida respondeu "Assumo-o! Respeito o meu tempo. Não me pressiono nem desenho sem inspiração"
O processo criativo é feito de várias partes e detalhes, por isso é normal que cada artista lide com ele à sua maneira.

4. Qual é a parte mais complicada do processo de criação de um retrato?
A simplicidade do rosto. A monotonia que o desenho me pode trazer. Gosto de desafios, de desenhos difícies! Gosto de rugas, de cicatrizes, de marcas, de sinais... de pessoas intensas e vividas.

O desenho de rostos começou através de um projeto que artista começou:

5. Para quem não conhece como é que descreves o projeto "True Face of Humanity"?
"The true face of humanity" foi o meu primeiro projeto.
Na verdade é mais do que um projeto, é um protesto contra o preconceito.
Acredito em projetos que valorizem a diferença, que repudiem todo e qualquer tipo de discriminação, seja ela baseada em diferenças sociais ou culturais, de raça ou nacionalidade, de género, idade ou preferências sexuais.

Depois de ter desenhado o rosto da Sofia Ribeiro e de a atriz vitima de cancro ter partilhado a mesma na sua rede social, agora foi a vez do rosto do Cristiano Ronaldo ir para o museu do futebolista. Grandes feitos tem sido conquistados, mas o futuro mantém-se uma carta fechada.

6. O que tencionas fazer futuramente? E onde é que te vamos encontrar?
Tento não estruturar muito o futuro. Para já estou concentrada em reunir trabalhos para algumas exposições que tenho agendadas e responder às encomendas que me vão sendo feitas. Podem encontrar-me no Facebook, na minha página.