terça-feira, 15 de março de 2016

Ninguém nos avisou

Crescemos a acreditar nos sonhos, a ansiar pelo futuro em que vamos fazer o que sempre sonhamos. Perdemos anos da nossa vida a estudar, a fazer formações e tudo mais para sermos cada vez melhores, e no fim o que nos resta? Na maior parte dos casos fica apenas um vazio, um enorme medo de sermos obrigados a enfrentar a realidade: nós não vamos fazer aquilo de que gostamos.
fonte
Ninguém nos avisou que os nossos sonhos se reduziam a nada quando somos milhares a correr para o mesmo lugar. E acreditem que o ser "ser bom" não chega... Nunca vai chegar por diversos motivos e nós vamos estar sempre frustrados.
Ninguém nos avisou que um dia teríamos que desistir do sonho pelo qual tanto demos só porque não existe a possibilidade de subir o próximo degrau.
Os degraus existem para serem escalados um a um, mas quando por algum motivo a escadaria está interrompida a subida é difícil e na maioria das vezes solitária. O tempo que perdemos a construir o degrau que falta vai ser usado contra nós, o dinheiro que precisamos para os materiais de construções, vai acabar antes de acabares os degraus e ai percebes que simplesmente acabou.
Ninguém nos avisou que depois de vários trabalhos precários para sustentarmos este sonho, teríamos que aceitar que foi tudo em vão e que esses trabalhos precários deixaram de ser um passado para serem o teu futuro.
Ninguém nos avisou que podemos tentar tudo e mesmo assim não conseguir.

48 comentários:

  1. Infelizmente é a realidade de muitos de nós..
    Após a conclusão da licenciatura, procurei emprego na área e fora dela, tendo a sorte de arranjar sempre um part-time mas, só ao fim de 3 anos é que consegui uma oportunidade na minha área.. Acabou por ser uma sorte talvez, pois estava quase para desistir.

    Beijinho*

    Cristiana Teixeira ~ Pink and Sparkle

    ResponderEliminar
  2. É uma grande verdade! No entanto há que não desistir e encontrar satisfação em pequenas coisas do dia a dia...ou tudo se tornará insuportável!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tens toda a razão, mas sabes que a frustração é complicada!

      Eliminar
  3. Infelizmente é verdade...

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  4. Poxa, excelente texto! Penso tanto assim... Ninguem nos avisou que ia ser facil... mas faz parte, e e nos piores momentos que encontramos forcas para move on, seguir em frente :) E isso que nos da pica :)
    Coragem, minha linda, nos vamos conseguir dar a volta :)
    Bjinhossss

    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
  5. Um belo texto minha amiga.
    Gostei de o ler.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderEliminar
  6. Grande texto Teresa.
    Infelizmente, para a maiorira, esta é a dura realidade e sim, ninguém nos avisou e por isso viveremos muito tempo frustrados e infelizes, até percebermos que devemos viver a vida, pois só existe uma.
    Beijinho grande.

    misscokette.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  7. Infelizmente essa é a realidade da maioria dos jovens! Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  8. Isso é algo que a vida se encarrega de nos ensinar.. Podemos não estar preparados, mas o essencial é não baixar os braços e continuar a batalhar!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. gostava mesmo que essa não fosse uma realidade. estou no primeiro ano da licenciatura de matemática aplicada e tenho momentos em que a motivação me falta e penso sempre que tudo irá compensar no futuro e custa-me que atualmente nem isso seja a realidade.
    o-blogdaritinha.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também tinha inseguranças dessas durante o meu curso... Só me resta esperar que não faças parte destas estatísticas!

      Eliminar
  10. Infelizmente, sei muito bem do que falas e como te sentes.
    Além de ser um reformado antecipado, para fugir a um longo e penoso desemprego, sou também pai de dois jovens que estão neste momento a fugir deste País.
    Acrescentaria ao teu fantástico texto, que ninguém nos avisou ser de novo necessário uma "doutrina" do antigamente... a cunha! Sim, a tal cunha que leva alguém a ultrapassar tudo e todos (a entrega da candidatura foi só um pequeno pro-forma, para disfarçar), mesmo não tendo o perfil necessário, nem qualificações. Simplesmente é do 'partido' ou 'familiar' do Sr. Tal....
    Enfim.
    Coragem e muita paciência.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens toda a razão... Não quis ir por aí mas a verdade é que a "cunha" também tem a sua influência!

      Eliminar
  11. Magnífico texto. UM grito de desespero, de insatisfação. Infelizmente é a realidade da maioria dos jovens e de muitos que perderam o emprego.
    Não imagino onde iremos parar!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  12. Lembra-te que já fomos milhões a correr para um lugar e ganhámos a corrida!

    ResponderEliminar
  13. Sinto-me abraçada virtualmente! Sinto-me exactamente como descrevestes!
    Beijinho
    http://themarielement.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  14. Pois Teresa, é a realidade sim! não te disseram mas também não deves pensar que não vais arranjar nada, dá tempo ao tempo, sei que não é facil mas vais conseguir.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema é que não falo só de mim, mas de uma realidade que se expande a família e amigos...

      Eliminar
  15. Respostas
    1. Infelizmente existem dias em que enfrentamos coisas mais desanimadoras na nossa vida!

      Eliminar
  16. Infelizmente, muitos poucos têm a sorte de fazer o que gostam
    Beijinhos
    Clara Dinis
    docinhomorango7.blogspot.com

    ResponderEliminar
  17. Sabes? Acho que muitas vezes nos ensinam isso, nós é que, por diversos motivos, não retemos essa informação.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não duvido, mas a verdade é que a maioria das pessoas diz "estuda para seres alguém", mas poucas pessoas dizem "estuda para tentares seres alguém".

      Eliminar
  18. Realidade nua e crua!!! Às vezes acho que somos demasiado novos e imaturos para decisões tão importantes que vão ser a linha da nossa vida. Que post fabuloso este!!
    Beijinho
    elisaumarapariganormal.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  19. Infelizmente é a verdade, ainda que magoe muita gente. E não me parece que as coisas melhorem, pelo menos tão cedo..

    ResponderEliminar
  20. É mesmo o país que temos, Teresa!...
    Ensinam-nos a caminhar... mas não nos dizem... que é preciso construir a estrada... de raiz, por vezes...
    Eu nem penso em subir degraus... apenas continuar seguindo...
    Adorei o teu texto!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  21. Revi-me completamente nas tuas palavras e olha que eu já ando na procura há demasiado tempo. A verdade é que a espera por um futuro que sonhámos e ambicionámos noutros tempos tende a ficar cada vez mais longínquo e a frustação vai ganhando cada vez mais espaço na nossa vida. A esperança é mesmo encontrar alternativas dentro dos nossos gostos, transformar os hobbies em ganha pão quem sabe, era o que eu gostava :)
    Beijinhos ...
    Guloso qb

    ResponderEliminar
  22. Infelizmente para muita gente é isso mesmo!
    Eu faço parte de uma geração em que nos formávamos e conseguíamos logo trabalho!
    Meus filhos...na casa dos trinta...já sentiram alguma dificuldafe...mas atualmente é um desespero!
    Bj amigo

    ResponderEliminar
  23. Caramba, como este texto é tão verdade.

    ResponderEliminar
  24. Ninguém avisou porque os que o poderiam fazer também embarcaram na ilusão de que uma formação superior (o ser "doutor") era o que bastava para se abrirem portas. So que não foram umas portas quaisquer... foram as comportas de uma barragem! E aí, quando o planeta inteiro está cheio de "doutores" é o equivalente a estar cheio de idiotas.

    TUdo o que é excesso de oferta vira de pouco valor. Diminui de valor.
    E hoje, deu-se a volta e são as profissões antes consideradas as mais simplórias - as de mão de obra pura e dura - as mais valorizadas e as quais se encontra com maior facilidade contratação e nas quais se retira melhores rendimentos.

    Portanto, filhos, se quiserem arranjar uma carreira bem remunerada e com saídas, vão para eletricista, pedreiro, reparador de automóveis, etc, etc, etc

    ResponderEliminar
  25. Um belo e lindo texto. Aliás que texto riquíssimo em detalhes, detalhes que por si faz-no meditar em coisas profundas....
    Desde ja ja estou a te segui, gostei do que li e vi....
    big bj...... espero sua visita ja estou a seguir.... por favor faça o mesmo

    ResponderEliminar