terça-feira, 30 de junho de 2015

Moda & Saúde, saber escolher (1ª Parte)

Depois da polémica causada pelo uso dos skinny jeans, e da mulher australiana que esteve quatro dias sem conseguir andar devido ao uso desta tendência e decidi fazer uma pesquisa sobre modas que fazem mal à nossa saúde, até porque sem sabermos, a maioria das vezes usamos "perigos" sem darmos conta dos pequenos efeitos que a longo prazo nos vão danificando a saúde.
fonte
Skinny Jeans, muitas delas já com fechos nos tornozelo (já para ser mais fácil de vestir), são tão apertadas que acabam por causar a má circulação do sangue.
Além disso qualquer calça que seja muito apertada na parte superior da coxa, pode acabar por causar  meralgia parestésica, patologia causada  pela compressão do nervo cutâneo femoral lateral da coxa.
Para os homens o uso apertado de calças de ganga na zona genital pode ainda significar a redução significativa da produção de espermatozóides, isto tudo devido ao calor que se acumula na zona pélvica.
fonte
Uma moda que de vez em quando volta a surgir, não é ideal para usos recorrentes, pois o uso de brincos grandes e pesados, contribuem a longo prazo, para que o lóbulo da orelha comece a rasgar.
O mesmo acontece por acidente, uma vez que devido às suas proporções basta apenas um lenço ou encontrão para que o brinco engate em algum lado e a pessoa rasgue a orelha como já aconteceu a muita gente.
Pode ser super elegante, mas a verdade é que este icon da moda é o principal responsável pelo stress dos joelhos e dos pés. Como nós mulheres sabemos, os saltos altos causam uma tremenda pressão na parte a frente dos pés. Além disso, como já é do conhecimento público são grandes inimigos da coluna.
fonte

Tal como os saltos altos só deve ser usada pontualmente, pois os tecidos sintéticos e os cortes irregulares podem causar irritação. Os especialistas apontam sempre a preferência para roupas intímas de algodão.


Por hoje é tudo, brevemente trago, mais algumas peças que apesar de fazerem parte da moda, serem super giras e práticas podem fazer-nos mal.

45 comentários:

  1. É verdade, as vezes por vaidade fazemos e usamos coisas que so nos fazem mal. Eu mesmo, uso e abuso no brinco comprido!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente usamos e nem sabemos o mal que estamos a fazer

      Eliminar
  2. A única coisa que uso são os jeans e mesmo assim não acho que os meus sejam demasiado apertados. Fiquei um bocado assustado com o que aconteceu com a rapariga.

    Isa,
    http://isamirtilo.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Boa noite Teresa, já usei calças muito apertadas, tive, na época, problema de circulação, mas não relacionei às roupas que usava, o que provavelmente, pode ter sido o desencadeador.
    Também usei brincos enormes, por sorte, não me machuquei, hoje não uso brincos. Quanto às calcinhas, não consigo usar as de algodão, são tão sem graça, que não me agrada.
    Ótima matéria, obrigada, abraços carinhosos
    Maria Tresa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na altura em que isso aconteceu de certo que não se falava tanto dos perigos da moda...

      Eliminar
  4. Não uso nada disso, ainda bem então :P

    ResponderEliminar
  5. Respostas
    1. Nem eu... Fiquei admirada com muitos dos itens desta lista!

      Eliminar
  6. Não ligamos, mas por vezes a esse tipo de roupa é bastante nociva, O meu problema são os sapatos altos de que não consigo desistir.
    Beijinhos
    Clara Dinis
    docinhomorango7.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu usei durante vários anos, depois simplesmente deixei de usar!

      Eliminar
  7. Quando era adolescente usava skinny jeans e às vezes bem custavam a entrar ;)

    ResponderEliminar
  8. Todo cuidado é pouco quando se trata de saúde. Não custa nada estar atentos! bjs, chica

    ResponderEliminar
  9. Verdade, temos de estar sempre com atenção a tudo :)

    ResponderEliminar
  10. adorei o post, sempre que uso calça Skinny muito justa, me sinto mal, ainda mais quando passo muito tempo sentada, por isso estou evitando usar, nada que traz algum tipo de desconforto, fara bem.
    http://bonequinhaavaidosa.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  11. É nestas alturas, que dou graças a Deus, por não ser escrava das modas... embora aprecie tendências... mas as modas, têm que ser adaptadas a cada tipo de pessoa... por diversas razões... ou porque o que parece ficar bem a todos, não nos fica bem a nós... ou por questões de saúde...
    Lendo o post... dei-me conta de que ando um bocado fora de moda... ;-)) pois não uso nada disso... mas... não fiquei muito aborrecida.
    Meus Deus! Sofre-se imenso para andar na moda!!!! Prefiro estar bem comigo, sem me ralar muito, como os outros me vêem...
    Beijos
    Ana

    ResponderEliminar
  12. Tás-me cá uma conselheira Teresa que inté te tiro chapéu!!!
    Gostei daquela que o calor trai os espermatozóides...pois trai! Quando o calor é interior (febre) eles morrem mas quando o calor é no exterior eles apressam-se a sair cá para fora para apanhar ar e aí...são apanhados, no bem bom ou na traição! (sabes a história do espermatozoide atraiçoado? se não souberes diz que eu conto !)
    Beijinhos desafogados e de preferencia despidos de espartilhos e afins****

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso não conheço a história, mas vou-me informar!
      Ah e já que falas nisso, os espartilhos também fazem mal à saúde!

      Eliminar
  13. Sou uma pessoa saudável então xD saltos altos não uso porque nunca há o meu número, brincos grandes também não porque odeio vê-los em mim, roupa interior de renda já sabia que não era aconselhável por isso há anos que só uso de algodão (bem como calças/calções) e uso 90% do tempo leggins pelo que só 10% das vezes recorro a skinny jeans eheh

    ResponderEliminar
  14. As vezes por vaidade acabamos comprometendo a saúde.

    beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitas vezes vaidade, outras por desconhecimento!

      bjxxx

      Eliminar
  15. A nossa saúde tem que estar sempre em primeiro lugar!

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  16. há escolhas muito mais saudáveis e que não deixam de ficar muito bem e na moda. gavo o espirito de sacrifício de algumas pessoas...

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitas pessoas fazem verdadeiros sacrifícios...

      Eliminar
  17. Não uso nadinha disso.

    Primeiro penso no meu conforto e ajusto-o à moda.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora nem mais, acho que assim é que tem que ser!

      Eliminar
  18. Sempre bom lembrar que nem todas as modas são saudáveis.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  19. Ótimas dicas!! Parabéns pelo post porque nunca é demais relembrar!

    ResponderEliminar
  20. Gostei imenso do post!
    Mil beijinhos http://mariacarolina23.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  21. Adorei o post, dicas super interessantes :)
    Segui,

    http://prettyinpinkmc.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  22. Muito, muito legal sua postagem!
    Sempre fui a favor de roupas confortáveis - eu tenho que usar a roupa e não o contrário. A roupa pode até ser justa, mas não apertada a ponto de dificultar movimentos, marcar o paralisar a circulação. Saltos, brincos grandes e rendas, sim!, com moderação, ou seja, casualmente, pois o corpo merece carinho e cuidados.

    Abraços esmagadores e ótimo dia.

    ResponderEliminar
  23. Eu conheço muita gente com as orelhas rasgadas precisamente dessa forma, quando à questão das calças, chega a ser um absurdo, como é que alguém se pode sentir bem assim.

    ResponderEliminar