domingo, 3 de agosto de 2014

Tudo confuso como um sótão por arrumar.

No outro dia fui-me confessar.
Não sou uma pessoa de abertura fácil, rodei os vários confessionários de toda a igreja de São Tiago de Compostela, e felizmente, vi um Padre que chamou a minha atenção. Alguma coisa que me disse que naquele padre eu podia confiar e então, apesar de ele não falar em português, eu fiz a minha confissão em inglês.
Sabem, aquela sensação de desespero, quando sentem que falham como pessoa, mulher, filha, esposa, amiga, profissional, e a todos os outros níveis da vossa vida?!  Agora imaginem tudo isso dentro da mesma cabeça!
Tudo confuso como um sótão por arrumar.
fonte
Eu tenho andado assim, e apesar de nunca ter seguido à riscar os ensinamentos cristãos, expliquei ao padre que sempre acreditei na existência de Deus, mas que começava a achar que ele se tinha esquecido de mim…. Ou isso, ou então estaria eu numa demanda em busca de alguma aprendizagem que estou incapaz de ver e que só me faz sentir pior?
Sou apologista de que tudo acontece por um motivo, e desde pequena que dependendo da religião, se pedirmos, ou fizermos uma promessa a Deus, ele nos ouve. Não estava à espera que ele me acorresse logo, mas pelo menos uma pista, uma ajuda… sei lá!
Num ato de desespero e numa tentativa de encontrar ajuda em Deus, ou pelo menos para saber que ele ainda existia e que estava ali comigo, talvez fazendo-me passar por algum teste masoquista, fiz uma promessa. Trabalho como comissionista, e nesse momento prometi deixar de fumar, e fumava cerca de um maço por dia. Isto para que em “troca” Deus me desse bons cliente, sublinho que não pedi dinheiro, pedi apenas clientes que me permitissem margem de manobra para os trabalhar e os convencer a participar na revista onde trabalho.
Desde esse dia, o meu trabalho tem vindo a piorar, o ambiente em casa está pior porque o acumular das coisas fizeram um castelo de remorsos, matérias acumuladas, e dores que começaram a cair, e são jogadas como uma bola de ping-pong entre os elementos da família.
Depois, involuntariamente, muitas vezes mesmo sem querer acabo por ir chorar no ombro do Príncipe que além dos seus problemas ainda leva com os meus.
Acabei a semana no hospital, já não bastava estar adoentada, ainda tive que ir buscar o homem que amo ao hospital porque com tantas coisas (e muitas ninguém, nem mesmo ele sabem), ele colapsou e teve uma crise de stress e uma quebra de tensão.
Onde é que eu estou a errar? Tenho uma semana para organizar as ideias, arrumar gavetas, e cuidar de mim…
Longas histórias dão longos posts, mas por isso é que fiz este blog, não só para falar de sexo, de bolsas, de filmes, ou de como decorar a casa, a vida a é feita de depressões e esgotamentos e eu estou na ponta na navalha.

43 comentários:

  1. Sei que é fácil dizer calma!

    Precisas de ajuda urgente. Vai a um psicólogo se ninguém da família te puder ajudar.

    Espero , sinceramente, que superes a fase má que atravessas.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou tratar disso, tenho mesmo que encontrar uma solução!

      Eliminar
  2. Bem, que história.. Só espero que isso tudo se resolva querida. Força*

    ResponderEliminar
  3. Obrigada, irei aproveitar :)
    Força para ti, espero que a tua vida melhore!

    ResponderEliminar
  4. Vou contar-te uma coisa. Deus só nos batalhas que sabe que nós conseguimos vencer. Deus dá-nos as respostas, sempre, mas às vezes não as entendemos ou não são aquelas que esperávamos. Dizes que querias a minha coragem, mas não é só coragem, é preciso uma grande dose de fé. Ainda sinto vontade de chorar, ainda me sinto sozinha, ainda me questiono se o meu futuro vai ser feliz. Ainda sinto muito medo. Mas optei por acreditar em Deus, no destino e na vida. As coisas irão melhorar. Se não melhorarem, tenho de pensar nas coisas boas que tenho. E lembrar-me que há sempre alguém a sofrer mais do eu. Não é coragem, é, mais do que tudo, fé. Força, vais ver que tudo vai melhorar, tudo tem um tempo e um porquê.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu problema é que durante anos é que eu acreditei em tudo isso, e depois fico aqui, assim como estou!

      Eliminar
  5. Obrigada eu pelo o teu comentário. Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Sei que o momento que vc está passando não é fácil, mas lembre-se Deus jamais esquece da gente. Entregue a ELE todos os seus problemas, faça uma oração espontânea e confie. Tenho certeza que tudo irá dar certo.
    Como você é uma de nossas leitoras, convido para responder a nossa nova pesquisa de público e ajudar nas melhorias do blog. Conto com sua participação.
    Big Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas onde é que Ele está?! Como posso entregar os meus problemas a uma entedidade que eu não vejo, não sinto, nem me dá provas de existir?!

      Eliminar
  7. Não sou crente, mas entendo de alguma forma o conforto que a fé te oferece. Acho corajoso colocares aqui os teus medos, as tuas fragilidades, A vida também é feita destas realidades. Mas concordo que deves procurar ajuda profissional, sem receio nem preconceitos. Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas será que essa "ajuda" me vai ajudar? ...

      Eliminar
    2. Se não tentares não saberás. Mas reconheço que é uma decisão (pedir ajuda) muito pessoal e não imposta. Bjs.

      Eliminar
  8. clama querida, tudo irá melhorar. tu mereces o melhor!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Começo a pensar que se calhar não mereço... Não sei... Estou confusa.

      Eliminar
  9. Força, tem de melhorar!
    Parece-me que às vezes quando pedimos uma resposta ou um sinal, podemos não ser capazes de o ver porque não surge como estamos à espera - mas o sinal poderá estar em algo diferente, pode ser apenas encontrarmos alguém bom.
    um beijinho e muita boa sorte.
    Gábi

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não estou a ver nada disso a acontecer-me....

      Eliminar
  10. Acho que devias procurar ajuda :)

    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  11. Lamento muito! Todos temos a nossa cruz, todos temos as nossas fases menos boas! O que precisas é de descanso e de um momento só para ti e para te encontrares! deus não te esqueceu de ti! Está apenas a por-te a prova porque sabe que tu vais vencer! Tu és forte! Vais acabar tudo bem, acredita! Não estás sozinha! O melhor é procurares um psicólogo, ele ajuda!

    Tudo de bom! Força!

    Beijinhosss

    ResponderEliminar
  12. É uma treta quando eu estou mal e as pessoas me dizem que é só uma fase, mas quando as coisas melhorem apercebo-me que tinham razão. É mesmo só uma fase. Nada dura para sempre, nem as coisas boas nem as más. E a tua vida vai mudar, é mais que assegurado. Ânimo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro, tenho perfeita noção que é uma fase, mas custa muito percebes, por o facto de sabermos que a duração dessa fase é indefinida mata-me por dentro!

      Eliminar
  13. Não acredito no Deus em que a Igreja Católica acredita, mas sei a importância que pode ter uma conversa com alguém, um desabafo. Saímos mais leves e, talvez, mais confiantes. Vais conseguir ultrapassar esta fase menos boa, porque a vida nunca nos dá nada que não consigamos ultrapassar. A vida testa-nos e a nós cabe-nos equilibrar-nos mesmo nas ondas mais altas. Força! :)

    ResponderEliminar
  14. Tinha escrito um comentário, mas acho que isto não ficou. Por isso, vou escrever de novo. Não acredito em Deus, pelo menos, não naquele em que a Igreja Católica acredita. Mas sei a importância que pode ter falarmos com alguém, desabafar. Saímos mais leves e, talvez, mais confiantes. Mas sei que vais ultrapassar estar fase menos boa, porque a vida não nos dá nada que não consigamos ultrapassar. A vida testa-nos e cabe-nos a nós equilibrarmo-nos mesmo nas ondas mais altas. Força! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Recebi os dois comentários, concordo com as tuas palavras, por isso é que fui desabafar... Só espero que este teste passe rápido!

      Bjxxx

      Eliminar
  15. Parece que acontece sempre tudo ao mesmo tempo. Espero, do fundo do coração, que as coisas se comecem a compor, minha querida. Muita, muita força!

    Espero que tenhas gostado*

    ResponderEliminar
  16. Sou perfeitamente capaz de te entender...
    Mas como já disse, respire fundo e viva um dia de cada vez!
    Beijocas e tenha uma excelente semana!

    rendasepaetes.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou a fazer isso, ou pelo menos a tentar!

      Eliminar
  17. Mas tu não tens de ser perfeita. Nem para ti, e muito menos para os outros. A vida é curta demais para estar sempre a viver em função das outras pessoas. Tens de aprender a viver por ti e para ti, se outras pessoas ficarem magoadas no processo, temos pena. Só se vive uma vez princesa, limpa a cabeça, arruma cada assunto na sua devida caixa e aprende a ser feliz para ti. O resto é conversa. Se os outros não gostarem do teu novo eu, só têm um remédio, aprender a viver contigo como tu és, e não como eles gostariam que tu fosses.
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não podeos ser assim tão lineares... Não podemos pensar só na nossa felicidade e esquecer a dos outros, principalmente se outros forem pessoas que amamos.
      Sei que eles tem que gostar do meu novo eu, mas não posso arriscar que não gostem... Ou posso, tenho esse direito?!

      Eliminar
  18. R:obrigada pelo conselho :) e por seguires

    Espero que estejas a conseguir "arrumar o sótão "

    ResponderEliminar
  19. Espero que tenhas tempo para descansar devidamente e faço votos sinceros que tudo melhore por aí... :)

    ResponderEliminar
  20. eu não acredito no deus em que os católicos acreditam, acredito no satanismo lavey e, apesar de respeitar, não consigo entender como os católicos, apesar de lutarem, às vezes chegam a acreditar mais na força de deus que na própria força, como que se deus fosse melhorar a vida deles sem eles se esforçarem, entendes? portanto, acredita em deus, acredita que ele está contigo, mas não penses que é ele que tem a força para melhorar a tua vida! eu acredito que as coisas acontecem porque têm de acontecer e acredita que isto é só uma fase para te tornares mais forte. as coisas vão melhorar! :) força! <3

    r: owww, obrigada :)

    ResponderEliminar
  21. Espero que tudo se resolva pelo melhor e que esta fase menos boa passe depressa. Força*

    ResponderEliminar